Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

A greve dos rodoviários de Recife continuará esse fim de semana e ainda na manhã de segunda

Por: REDAÇÃO PORTAL
Se espera um fim de semana dificil para o transporte urbano

Foto: A greve começa a ficar violenta. Credito: Reprodução.

28/07/2023
    Compartilhe:

A greve dos rodoviários de Recife continuará esse fim de semana e ainda na manhã de segunda já que se está à espera de uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6), que está marcado para às 9h da manhã de segunda (31). É o que se sabe até agora do futuro da greve que já dura 3 dias e durará ao menos 6 dias pelo visto anteriormente.

A greve que no dia de hoje teve como fato relevante a prisão de Aldo Lima, Presidente do Sindicato dos Rodoviários de Recife e RMR (Região Metropolitana), quem estava impedindo, ao parecer, a saída de veículos na garagem da empresa Tabosa e foi autuado por desobediência segundo as autoridades que tinham apresentado Ordem Judicial para desbloquear a entrada.

 

 

O que dizem os Motoristas

 

Em nota do passado 20 de julho os rodoviários informaram de sua intenção de iniciar greve o dia 26 como efetivamente aconteceu:

“Apesar de todas as tentativas que o Sindicato tem feito – disse o comunicado-, no sentido de avançarmos numa negociação com a URBANA-PE, para evitar uma greve da categoria rodoviária, a postura dos empresários, que receberam nossa pauta de reivindicações há mais de um mês e meio, é a pior possível: sequer apresentaram qualquer contraproposta para que a categoria rodoviária pudesse avaliar e insistem em intimidações e ameaças. Infelizmente, diante de tanto desrespeito e descaso, não resta à categoria rodoviária outra alternativa que não seja a Greve. “

 


E conclui o comunicado:

 

“Nesse sentido informamos a toda a população usuária do transporte público que a partir dá zero hora do dia 26/07/2023, estaremos me Greve. Deixamos claro que a responsabilidade por qualquer transtorno decorrente dessa situação é dos empresários do transporte – representados pela URBANA-PE, que seguem intransigentes e se recusam a ao menos apresentarem uma contraproposta à categoria. E do Governo do Estado, que mesmo tendo sido convidado diversas vezes para que participassem da negociação nem ao menos responderam e se mostram coniventes à postura desrespeitosa e intransigente da URBANA. Pedimos apenas respeito e dignidade! ”

 

 

 

 

 

 

 

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook