Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Eleições 2020

Bem cotada na eleição para vereadora, Alyne Anne vira alvo de fake news em Olinda

Por: REDAÇÃO PORTAL
A candidata, tida como uma das favoritas na disputa à câmara de vereadores, foi alvo de ataques caluniosos

Foto: Reprodução internet

08/11/2020
    Compartilhe:

Faltando poucos dias para as eleições, a candidata a vereadora de Olinda, professora e policial civil, Alyne Anne (Cidadania), que conta com o apoio da delegada deputada estadual, Gleide Ângelo (PSB), está em campanha com ritmo acelerado pelas ruas e avenidas da cidade. Ela está alertando os eleitores sobre a atenção redobrada, nesta reta final, para evitar a propagação de notícias falsas sobre os candidatos e os processos eleitorais. “Fake news é crime cometido por quem planta notícia falsa e por quem compartilha. É caso de polícia”, disse.

A campanha de Alyne tem como bandeira a defesa dos direitos da mulher e da família. A candidata atuou como professora em diversas escolas públicas e na Vila Olímpica, em Rio Doce. Na policia civil, trabalhou no DHPP com a delegada Gleide Ângelo e depois na delegacia da mulher do Recife, sendo a responsável por ministrar palestras sobre a violência doméstica.

Alyne Anne promete chegar à câmara de Olinda visando lutar por melhorias nas áreas da segurança, da saúde, do turismo, do esporte e, em especial, por políticas voltadas para as mulheres.

Devido a resolução do TRE, Alyne Anne cancelou caminhadas e carreatas, mas segue conversando com os olindenses e, através das redes sociais, mostrando o trabalho já realizado na cidade como professora, e através do projeto Desperta Olinda, com ações que vão desde a pratica de atividades físicas até a conscientização sobre o meio ambiente e saúde.

O notado crescimento do nome da candidata na cidade, tem despertado o desespero de alguns adversários que tentaram caluniar Alyne em grupos de whatsapp. A candidata encarou as fake news de frente e não só respondeu à altura às calúnias, como protocolou queixa-crime na Polícia Federal para que os dessiminadores das falsas notícias sejam identificados e punidos. "Faço uma política limpa, voltada exclusivamente aos interesses da sociedade olindense. Não vou admitir fake news com o meu nome", disse Alyne Anne no momento em que esteve na PF para denunciar os ataques.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook