Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

Cabo abre escolas e centro de vacinação para vacinar grupo de comorbidades de 55 a 59 anos

Por: REDAÇÃO PORTAL
É preciso levar, além do comprovante de residência e o documento de identidade ou cartão SUS, o formulário com carimbo e assinatura do médico com a CID da comorbidade

Foto: Sillas Gabriel/Secom PCSA

12/05/2021
    Compartilhe:

Cabo abre escolas e centro de vacinação para vacinar grupo de comorbidades de 55 a 59 anos

A prefeitura do Cabo de Santo Agostinho inicia nesta quinta-feira (13) a vacinação de todas as pessoas incluídas no grupo de comorbidades que tenham idades entre 55 e 59 anos. Para dar maior comodidade à população, o município vai abrir, na quinta e na sexta, além do Centro de Vacinação Covid-19, da Praça Nove de Julho, quatro escolas de referência nos bairros de de Ponte dos Carvalhos (Manoel Davi Pereira da Costa), Pontezinha (Eronides Soares), Charneca (Padre Antônio Melo Costa) e Gaibu (Professora Maria Thamar Leite da Fonseca). O atendimento acontece das 8h às 13h.

Segundo a resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) de Pernambuco, fazem parte desse grupo indivíduos com diabetes mellitus, pneumopatias graves, hipertensão arterial resistente, insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronarianas, valvoplastias, miocárdicas e pericardiopatias, doenças da aorta, dos grandes vasos e fístulas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, próteses valvulares e dispositivos cardíacos implantados, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos, hemoglobinopatias graves, obesidade mórbida, síndrome de down e cirrose hepática. 

É importante saber que, para tomar a vacina, a pessoa do grupo de comorbidades precisa levar, além do comprovante de residência e o documento de identidade ou cartão SUS, o formulário com carimbo e assinatura do médico com a CID da comorbidade. A CID é a sigla para  Classificação Internacional de Doenças. 

CONTINUIDADE

No grupo de comorbidades já estão recebendo vacinas no município, desde a  semana passada, pessoas com Síndrome de Down, doença renal crônica que realizam diálise, transplantados (de órgão sólido ou medula óssea), pessoas que vivem com o HIV e obesidade mórbida, com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 40. Para todas essas pessoas, a vacinação abrange idades dos 18 aos 59 anos. 

Além disso, o município continua com a vacinação de idosos a partir dos 60 anos. Mulheres e puérperas foram excluídas temporariamente da campanha por determinação do governo do Estado, que aguarda orientações do Ministério da Saúde sobre o assunto. As doses administradas para todos esses grupos são da AstraZeneca.

As doses da Coronavac que o município tem disponível estão reservadas para segunda dose e indígenas. O Cabo não dispõe das vacinas da Pfizer. A Prefeitura também iniciou na terça (11) o reforço de vacina da Coronavac para quem recebeu a primeira dose  nos dias 20 e 21 de abril. 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook