Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Policial

CASO MIGUEL: Família do garoto pede indenização de quase R$ 1 milhão a Sari Corte Real

Por: REDAÇÃO PORTAL
A Primeira-dama do município de Tamandaré foi denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte quando o filho da ex empregada, um menino de 5 anos, caiu do 9º andar.
25/08/2020
    Compartilhe:

O menino Miguel de apenas 5 anos de idade caiu do 9º andar do prédio de luxo onde a mãe trabalhava, no dia 3 de junho. A mãe, a avó e o pai do garoto pediram na Justiça, uma indenização por danos morais e materiais, de cerca de R$ 987 mil a Sari Gaspar Corte Real, primeira-dama de Tamandaré.

A patroa da mãe de Miguel estava com o garoto sob seus cuidados pouco antes do acidente. De acordo com as investigações, Sari deixou Miguel entrar sozinho em um elevador do condomínio onde mora, na área central do Recife, enquanto a mãe do menino, que era empregada doméstica na residência, passeava com a cadela da família nas dependências do prédio. Sari foi denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte. Sari Corte Real vai aguardar o julgamento em liberdade.

A ação foi ajuizada na 3ª Vara Cível da Capital. Hoje existem três processos na Justiça contra Sari e contra Sérgio Hacker (PSB), prefeito do município de Tamandaré. O processo criminal, sobre a morte do menino Miguel; um trabalhista, já que Tanto Mirtes, que é a mãe de Miguel quanto a avó do garoto eram contratadas pela prefeitura de Tamandaré e não pelo casal, e o pedido de indenização pela morte do garoto.

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook