Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Centro de Referência Maristela Just completa 10 anos no combate à violência contra a mulher

Por: REDAÇÃO PORTAL

Foto: Chico Bezerra/PJG

23/09/2020
    Compartilhe:

O Centro de Referência da Mulher Maristela Just, espaço criado para amparar vítimas de violência doméstica, acaba de completar 10 anos de atividade. Localizado no bairro de Piedade, no Jaboatão dos Guararapes, o espaço garante às vítimas acesso a atendimentos psicológico, jurídico, social, de educação e saúde, tudo em sigilo e com profissionais capacitados e com foco na humanização do serviço prestado. O nome da unidade faz referência a Maristela Just, assassinada pelo companheiro, José Ramos Lopes Neto, em 1989, preso em 2012 e condenado a 29 anos de prisão.

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) destaca que os casos de feminicídio cresceram 22,2% no primeiro semestre deste ano, comparativamente ao ano passado. Feminicídio é o assassinato de uma mulher, cometido devido ao desprezo que o autor do crime sente quanto à identidade de gênero da vítima.

"No dia que tivermos a clareza de que a violência doméstica é um sintoma de uma sociedade disfuncional, e que todos precisamos nos envolver para erradicar a violência contra a mulher, começaremos um processo civilizatório. Nossa gestão vem trilhando, a passos largos, um caminho de apoio e instrução para mulheres em situação de vulnerabilidade física e psicológica", comentou Juliana Paranhos, secretária-executiva da Mulher do Jaboatão dos Guararapes.


Paranhos lembra que um dos principais objetivos do centro está na divulgação da Lei Maria da Penha e no fomento de ações que abordem, junto à população, temas sobre como evitar a violência e a importância da mulher denunciar o agressor. Todos os casos registrados no município são acompanhados diretamente pelo Centro de Referência da Mulher Maristela Just, que oferece, ainda, atendimento descentralizado uma vez por semana, nas sete regionais do município.

O contato pode ser feito pelo número (81) 3468-2485 ou pelo e-mail: [email protected]

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook