Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Cinco dias de teatro, música e cultura popular para celebrar Hermilo Borba Filho

Por: REDAÇÃO PORTAL
A 18ª edição da Semana Hermilo, promovida pela Prefeitura do Recife, de 17 a 21 de novembro,

Foto: Marcos Pastich/Arquivo PCR

16/11/2021
    Compartilhe:

De 17 a 21 de novembro, o Recife vai celebrar Hermilo Borba Filho, um dos maiores e primeiros defensores da literatura e do teatro com raízes fincadas na cultura popular nordestina, para quem precisavam dialogar e se relacionar as artes, vocações e inovações culturais de um povo com suas celebrações ancestrais. Realização da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, a Semana Hermilo contará com palestras, exposições e apresentações de teatro e de dança.


Em sua 18ª edição, a Semana renderá homenagem à atriz Leda Alves, viúva do escritor, que tanto contribuiu para a sistematização da obra e do legado de Hermilo para a cultura brasileira. Atriz que empreendeu junto com Hermilo o sonho do Teatro Popular do Nordeste (TPN), Leda também dedicou-se à cultura em sua dimensão social e política, tendo atuado em diferentes instâncias do poder público, com passagens pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Companhia Editora de Pernambuco (CEPE) e Secretaria de Cultura do Recife.
 

A programação começa na próxima quarta-feira, no Teatro Hermilo Borba Filho, espaço cultural gerido pela Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife, que sediará boa parte das atividades. A partir das 18h, o público será recebido com a atividade Rascunhando Personagens, que será conduzida por Luciano Félix. A partir das 19h30, após as falas institucionais inaugurais, será aberta a Exposição de Mamulengos na área expositiva do teatro. A programação de palco terá início às 20h, com a apresentação do Mamulengo Flor de Mulungu, seguida de projeção de entrevista com Hermilo Borba Filho sobre o texto "A Porteira do Mundo". A noite de estreia da Semana termina com um bate-papo com Leda Alves.
 

Na quinta (18), a programação segue com leitura dramatizada e exibição de documentário, terminando com a apresentação do Cavalo Marinho Boi Matuto, na área externa do teatro.
 

As atividades da sexta (19) começam cedo, também no Teatro Hermilo Borba Filho, a partir das 14h, quando a Semana Hermilo abraça o primeiro encontro dos Diálogos de Mestres e Mestras, promovidos pela Prefeitura do Recife, reunindo os brincantes das tradições ligadas ao Ciclo Natalino, para discutir desafios e potências desta retomada cultural que se anuncia para a cultura popular. O primeiro encontro será dedicado aos Reisados e Guerreiros. A programação dos encontros continua após o fim das atividades dedicadas a Hermilo, nos dias 24 e 26 de novembro, reunindo os brincantes para falar, respectivamente, sobre Autos de Boi e Cavalo-Marinho e sobre Pastoris.
 

A partir das 18h, tem mais performance e debate cultural. Às 20h, o Teatro Hermilo vira terreiro para receber uma sambada de maracatu, comandada pelos mestres Pita e Barachinha, dos maracatus Leão das Cordilheiras, de Glória do Goitá, e Estrela Dourada, de Buenos Aires.
 

No fim de semana, serão oferecidas novas performances e leituras dramáticas. No domingo (21), vai ter também dança, música e programação  para a criançada. A partir das 16h, será apresentado o espetáculo infantil "Cantigas de Mamulengo", do grupo Mamulengos e Catrevagens. Em seguida, vai ter cantoria de viola com Edmilson Ferreira e Antônio de Lisboa e leitura coreografada do conto A Eleição, escrito por Hermilo. A programação encerra musical, com a participação de Marcelo Melo, do Quinteto Violado.
 

Sobre Hermilo – Um dos homens de teatro mais atuantes e inventivos do Nordeste, Hermilo Borba Filho, nascido no Engenho Verde, da cidade de Palmares, em 1917, tinha enorme e declarado apreço pela cultura e pelas tradições nordestinas. Autor, encenador, professor, crítico e ensaísta, foi diretor artístico do Teatro do Estudante de Pernambuco e fundador do Teatro Popular do Nordeste, além de ter deixado uma profícua produção literária, de Palmares para sempre.


18ª SEMANA HERMILO
De 17 a 21 de novembro
No Teatro Hermilo Borba Filho


Quarta-feira (17)
18h - Rascunhando Personagens, com Luciano Félix
19h - Cerimônia de Abertura com homenagem a Leda Alves
19h - Abertura da Exposição de Mamulengos
20h - Apresentação do Mamulengo Flor de Mulungu
20h30 - Projeção da entrevista "A Porteira do Mundo", com Hermilo Borba Filho
21h15 - Bate-papo com Leda Alves e convidados

Quinta-feira (18)
18h - Rascunhando Personagens, com Luciano Félix
18h - Leitura dramática de trechos da obra de Hermilo, por Flávio Renovatto e Luiz Manoel (com o boneco Godot)
19h - Exibição do documentário Hermilo no Grande Teatro do Mundo, dirigido por Carla Denise e produzido por Massangana Multimídia Produções
20h - Apresentação do Cavalo Marinho Boi Matuto, na área externa do teatro
 
Sexta-feira (19)
14h - Diálogo de Mestres e Mestras  (Reisados e Guerreiros)
18h - Rascunhando Personagens, com Luciano Félix
18h - Leitura dramática de trechos da obra de Hermilo, por Flávio Renovatto e Luiz Manoel (com o boneco Godot)
18h30- Conversa com Domingos Jr. e Valécio Bruno sobre projetos de criação "O Solo do Outro" e "O Aprendiz em Cena"
19h30 - Leitura dramatizada dos contos  Romance de João Besta e Jia da Lagoa, dirigida por Ana Sobral
20h - Apresentação da Sambada do Mestre Pita, do Maracatu de Baque Solto Leão das Cordilheiras, de Glória do Goitá, e do Mestre Barachinha, do Maracatu de Baque Solto Estrela Dourada, de Buenos Aires, no Pátio Interno do Centro Apolo Hermilo
 
Sábado (20)
18h - Rascunhando Personagens, com Luciano Félix
18h - Leitura dramática de trechos da obra de Hermilo, por Flávio Renovatto e Luiz Manoel (com o boneco Godot)
18h - Performance de Odília Nunes com as bonecas Cordelina e Ester
19h - Palestra com o professor Lourival Holanda, sobre a autobiografia e a ficção na obra de Hermilo
20h - Leitura dramatizada de "O bom samaritano", dirigida por Adriano Portela Lins
 
Domingo (21)
16h - Apresentação do espetáculo Infantil "Cantigas de Mamulengo", do grupo Mamulengos e Catrevagens, dirigido por Maria Oliveira e Lucas de Oliveira
18h - Leitura dramática de trechos da obra de Hermilo, por Flávio Renovatto e Luiz Manoel (com o boneco Godot)
18h - Performance de Odília Nunes com as bonecas Cordelina e Ester
18h - Cantoria de Viola com Edmilson Ferreira e Antônio de Lisboa
19h - Leitura Dançada do conto "A Eleição", com coreografia de Raimundo Branco
20h - Encerramento com Marcelo Melo do Quinteto Violado

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook