Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Esporte

Copa Mundo Feminina 2023 FIFA: Portugal vê filme se repetir e perde para a Holanda em estreia

Por: REDAÇÃO PORTAL
Um exemplo de duelo no ano passado, como portuguesas viram a bola aérea decidir mais uma vez na Copa do Mundo Feminina

Foto: Fifa / fifa.com

23/07/2023
    Compartilhe:

Um exemplo de duelo no ano passado, como portuguesas viram a bola aérea decidir mais uma vez na Copa do Mundo Feminina

  • Finalista na França 2019, Holanda estreia com vitória na Copa do Mundo Feminina
  • Gol de Stefanie van der Gragt aos 13 minutos é o mais rápido do torneio até aqui
  • Com Kika Nazareth no banco, Portugal se ressentiu de maior organização ofensiva

Holanda 1 x 0 Portugal | Grupo E

Gol : Stefanie van der Gragt (HOL, 13')

Se havia alguma dúvida, elas foram dissipadas logo no momento do hino com as lágrimas de Jéssica Silva e Tatiana Pinto. Era mesmo uma noite especial para Portugal. No primeiro jogo de sua história na Copa Mundo Feminina 2023 FIFA o time comandado por Francisco Neto deixou as emoções de lado e entrou bem na partida, mas viu a Holanda marcar rapidamente e estreou perdendo por 1 a 0 neste domingo (23), em Dunedin.

Com o resultado, as holandesas igualaram os Estados Unidos na liderança do Grupo E, com três pontos cada, enquanto Portugal e Vietnã fecharam a rodada de abertura sem nenhum.

O começo da partida foi de domínio português, porém, ficou nisso. O duelo aconteceu após o gol marcado por Stefanie van der Gragt aos 13 minutos. Ela aproveitou cobrança de escanteio para desviar a bola no segundo pau e marcar após a confirmação do VAR, que descartou possivelmente impedimento de Jill Roord no lance.

Um filme repetido para Portugal, que, na derrota de 3 a 2 para a Holanda durante a última UEFA Euro Feminina, sofreu dois gols a partir de escanteio também -- um deles da própria van der Gragt, inclusive.

Depois disso, o controle das ações foi todo da seleção laranja, que não sofreu qualquer finalização em sua meta nos primeiros 45 minutos.

Na volta do intervalo, a goleira Inês Pereira teve de fazer milagre para impedir Danielle van de Donk de dobrar a trânsito. Mesmo com pouca imaginação na frente, Portugal saiu mais para o jogo, principalmente através de Jéssica, que se ressentia de maior companhia.

Por esse motivo, Kika Nazareth, que ficou de fora das titulares em recuperação de lesão, acabou entrando na etapa final, mas sem conseguir resolver o problema de construção no último terço.

Portugal volta a campo agora contra o Vietnã na próxima quinta-feira (27) enquanto que a Holanda pega os Estados Unidos no mesmo dia.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook