Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Eleições 2020

Delegada Patrícia participou do debate com promovido pela Fecomércio-PE e MPP

Por: REDAÇÃO PORTAL
A postulante defendeu uma reforma administrativa, o combate à corrupção, além de políticas públicas voltadas para a educação, a mulher e a mobilidade urbana
09/10/2020
    Compartilhe:

O 1º Debate com Prefeituráveis do Recife, para as Eleições de 2020 recebeu a Delegada Patrícia (Podemos), na noite desta quinta-feira (08). O evento é promovido pela Fecomércio-PE e o Movimento Pró-Pernambuco (MPP). A jornalista Patrícia Raposo, da CBN Recife foi a mediadora. E as perguntas foram responsabilidade do presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac PE, Bernardo Peixoto e do presidente do Movimento Pró-Pernambuco (MPP), Avelar Loureiro Filho.
 
A Delegada Patrícia abriu sua fala para responder sobre educação, empreendedorismo e qualificação profissional, prometendo uma reforma administrativa, que inclui a redução de 20% de secretarias e cargos comissionados. Com isso, promete fundir pastas e ampliar as abordagens. É o caso da Secretaria da Economia Criativa, Desenvolvimento Econômico, Turismo, Cultura, Lazer e Esporte, “porque essas pautas precisam dialogar. A nossa ideia é que elas se integrem”, explica. Ao responder sobre convênios, a postulante pretende fazer parcerias público-privadas e assim ser “amiga do empreendedor” e investir na educação profissional, sobretudo nas áreas de tecnologia, e “qualificar os jovens para o emprego do futuro”.
 
E sobre esse futuro, a delegada defende um melhor uso dos recursos em educação, aliado ao combate à corrupção. “Se houver planejamento, o recurso é possível que dê e sobre”. Para Patrícia, “o que a gente precisa hoje é de uma gestão que tenha competência e respeito com o dinheiro público”. Ela também defende a proposta de gestão humanizada e focar no cuidado com a mulher, através do projeto ‘Cidade Delas’, “voltado para o público feminino, para a atenção com a saúde da mulher, para a priorização no atendimento da mulher, que inclui também o pré-natal”, além de oportunidades em educação, capacitação profissional e planejamento familiar, aliado com os investimentos na primeira infância e “ampliação do número de creches”.  
Quanto a proposta de reforma administrativa, a candidata voltou a defender a redução das pastas e de cargos comissionados. Para Patrícia, é preciso contratar pessoas baseado na competência técnica, na meritocracia, trabalhando com metas, visando resultados e “tornar a máquina pública mais enxuta, porém moderna, econômica e eficiente. Poder fazer mais com menos recursos”, defendeu a postulante.
  
Outro compromisso da candidata é com o plano cicloviário. Ela se comprometeu a “instalar ciclofaixas funcionais, que interliguem os principais bairros da cidade, para que o ciclista possa se locomover com segurança e funcionalidade”, tanto para o lazer quanto para trabalhar.
 
Sobre o tratamento tributário e amparo ao microempreendedor, a postulante prometeu com uma gestão humanizada, respeitando os pequenos comerciantes e ajuda através de iniciativas oriundas do poder público. “A nossa gestão será inclusiva, amiga do empreendedor, seja ele o pequeno empreendedor do bairro, da rua, sejam eles os grandes empresários”.  
  
Nesta sexta-feira (09), às 19h, Marília Arraes (PT) encerra a rodada de debates, que tem caráter propositivo, com o objetivo de apresentar os planos de cada candidato para o segmento do comércio de bens, serviços e turismo, planejamento urbano, mobilidade e outros setores produtivos do município. Foram convidados os cinco candidatos mais bem posicionados nas pesquisas de intenção de voto e seu partido ter representatividade no Congresso Nacional. A iniciativa acontece ao vivo, transmitida pelo canal da Fecomércio-PE no YouTube.
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook