Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Opinião

Entre Letras Apaixonadas

Por: SIDNEY NICÉAS
Paulo Caldas traz ao Tesão uma crítica sobre o livro “Nem tudo são flores, mas… elas existem”, de Ana Pottes.

Foto: Reprodução/Algomais.com

07/02/2024
    Compartilhe:

*Por Paulo Caldas

A escrita de Ana Pottes neste “Nem tudo são flores, mas… elas existem” guarda o requinte dos cristais por amor lapidados; expressa frases exatas, sem perder doçura mesmo à rigidez de verbos ásperos: é como estar triste, contudo feliz.

Há empatia entre versos e personagens, como na estrofe derradeira do poema “Sina”…” Diviso ao longe tua sombra corro ansiando proteção,  acolhes minh’alma que anda à solta e seguimos na mesma direção”.

No correr da leitura, metáforas e símiles se completam na estética e contemplam atores concebidos em melodias de amores e dores, vindas no dorso do acaso por ruas, bares e becos.

Aqui as flores existem para sempre, ornam cenários encantados, exalam aromas delicados e brotam do afago entre letras apaixonadas.

A publicação traz a foto de capa de AJ fontes, concepção visual de Bel Caldas e revisão de Fernanda Caldas. A impressão tem o selo da Facform gráfica.

--

Paulo Caldas é escritor.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook