Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Gleide Ângelo propõe intervalo para mães em período de amamentação

Por: REDAÇÃO PORTAL
16/10/2020
    Compartilhe:

Quem está grávida ou deu à luz há pouco tempo sabe a importância da amamentação. Por ser um alimento completo, o leite materno contém todos os nutrientes e sais minerais que o bebê precisa o pleno desenvolvimento. 

Por essa razão, a Organização Mundial da Saúde recomenda que os bebês sejam amamentados exclusivamente 

até o primeiro semestre de vida e de complementaridade até 2 anos de idade. Além de estimular o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê, o alimento também é rico em anticorpos que protegem a criança contra infecções e alergias. Infelizmente, no Brasil, apenas 26% das crianças são amamentados até essa idade.

Pensando nas mães e na saúde dos seus filhos, a Deputada Delegada Gleide Ângelo (PSB) formalizou um pedido ao Governo do Estado de Pernambuco, para que seja assegurado às servidoras públicas que estejam amamentando, o direito a um intervalo mínimo de 1 hora, para o aleitamento materno durante o horário do expediente, nos 12 primeiros meses de vida da criança. A solicitação foi publicada hoje, no Diário Oficial de Pernambuco, por meio da Indicação nº 4574/2020.

“A amamentação é um direito fundamental da mãe e da criança. Ela contribui para a formação do sistema imunológico, ajuda no desenvolvimento dos órgãos, especialmente o cérebro, evita o aparecimento de doenças crônicas e diminui a mortalidade infantil. Ou seja, o aleitamento é uma questão de saúde pública!”, justificou a parlamentar.

Essa medida já vem sendo adotada por outros estados, além de já ter sido assegurada às servidoras públicas do 

Tribunal Superior do Trabalho (TST), do Senado Federal, da Câmara dos Deputados, do Tribunal de Contas da União, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região e da 15ª Região e da Justiça Federal da 2ª Região.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook