Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Hacker Cidadão 8.0 debate mobilidade e sustentabilidade no Recife

Por: REDAÇÃO PORTAL
Em parceria com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) evento terá como tema

Foto: Reprodução internet

11/11/2020
    Compartilhe:

Entre os dias 30 de novembro e 12 de dezembro, acontece o Hacker Cidadão que debaterá a mobilidade e sustentabilidade no Recife, com o tema "Minha cidade em 15 minutos". A proposta é repensar a mobilidade e o modo de interação dos cidadãos com a cidade. O Hacker Cidadão 8.0 deste ano é fruto de uma parceria entre a Prefeitura da Cidade do Recife (PCR), por meio da Controladoria-Geral do Município (CGM) e Empresa de Informática do Recife (Emprel), e da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), a Egis e a Datactivist - escritório de consultoria francês especialista em abertura de dados.

Diferentemente do tradicional desenvolvimento de aplicativos e sites, o evento este ano será online e tem como foco além de soluções tecnológicas, produção de conteúdo gráfico a partir de bases de dados abertos (open data). As inscrições são gratuitas e limitadas e já estão abertas em: http://hackercidadao.com.br  . Projeto coletivo, o Hacker Cidadão consiste em uma disputa entre equipes que devem responder a um desafio real, acompanhadas por mentores e profissionais que interagem com os participantes durante o evento com o intuito de ajudá-los. No final, cada equipe prepara um documento, explicando as etapas do projeto realizado, assim como poderão produzir conteúdos visuais: imagem, gráfico, dataviz, painel de controle, software, página web e outros.

Profissionais e estudantes de áreas diversas se debruçam nas ideias do franco-colombiano Carlos Moreno, professor da Universidade Paris Sorbonne. Para Moreno, algumas prioridades da vida cotidiana, como praticar atividades físicas, alimentar-se, ter acesso à saúde e cultura (dentre outras), devem estar em um raio de 15 minutos da residência dos moradores, criando assim um espaço urbano mais humano e sustentável.

O evento chega ao Recife com o objetivo de reunir público oriundo de áreas diversas (desenvolvedores, cientistas da computação, urbanistas, cientistas políticos, entre outros especialistas). Concretamente demanda aos participantes que utilizem dados abertos para a criação de visualizações gráficas que coloquem em evidência a mobilidade dos cidadãos na cidade e a disponibilidade de serviços próximos de seus locais de residência.

A ideia é que a partir de uma série de informações e dados já disponibilizados – oriundos por exemplo, do portal de dados abertos do Recife e de outras fontes – eles possam construir gráficos, modelos, personas, que representem os problemas atuais e como melhorá-los.

Premiação - Um desafio único nesse sentido será apresentado às equipes, sendo distribuído R$ 6 mil entre os três melhores projetos. A Equipe vencedora leva para casa R$ 2,5 mil. Interessados poderão inscrever-se de forma individual até o dia 20 de novembro. Os participantes inscritos serão divididos em grupos a partir do primeiro dia do evento.

Além do prêmio, o primeiro colocado poderá participar de um programa de bolsa por um período de dois meses, para que a equipe possa evoluir com a solução. O valor total das bolsas para a equipe vencedora é de até R$10.800,00 (Dez mil e oitocentos reais).

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook