Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

Idosos do Abrigo São Francisco de Assis, no Cabo, são imunizados contra a Covid-19

Por: REDAÇÃO PORTAL
A unidade, que foi fundada em 1961 pela Madre Iva Bezerra de Araújo, fica localizada no Bairro São Francisco, e tem no total de 19 idosos acolhidos (15 homens e 4 mulheres) e 26 funcionários

Foto: Reprodução internet

21/01/2021
    Compartilhe:

Os idosos que compõem o grupo de maior risco para os efeitos da Covid-19, com 60 anos ou mais, que vivem no Abrigo São Francisco de Assis, no Cabo de Santo Agostinho, e os trabalhadores do local, começaram a ser vacinados nesta quarta-feira (20), um dia após a chegada do primeiro lote da CoronaVac ao município.  As vacinações começaram na última terça-feira (19/01), com os trabalhadores da linha de frente no combate ao coronavírus.  

A unidade, que foi fundada em 1961 pela Madre Iva Bezerra de Araújo, fica localizada no Bairro São Francisco, e tem no total de 19 idosos acolhidos (15 homens e 4 mulheres) e 26 funcionários. Os idosos da Casa de Repouso Vera Souza, localizada na Vila Social Contra Mocambo, também irão ser imunizados.

De acordo com a secretária de Saúde, Ana Maria Albuquerque, "os idosos estão sendo imunizados para prevenir um quadro mais grave, que são pessoas que podem vir a desenvolver a doença de uma forma mais grave ou até chegar ao óbito. Por isso, esta primeira fase visa proteger esses idosos que vivem em instituições de longa permanência e também todos os funcionários que vivem e cuidam deles", comentou.  
 
"Que felicidade estou por esta vacina ter chegado, agradeço primeiramente a Deus e a todos vocês", disse o idoso Severino José Gomes, de 68 anos, que vive há 5 anos no abrigo. "Eu estou muito bem, não doeu nada. Temos que nos cuidarmos", disse na hora da vacina o senhor Roberto Mendes da Silva, 70 anos, morador há 2 anos.

Para manter uma boa imunização dos idosos, a nutricionista voluntária, Arali da Costa Gomes, está desenvolvendo um trabalho para que a carga nutricional seja suficiente. "Fazemos um cardápio balanceado, onde eles recebem de seis a sete refeições ao dia, ricas em vitamina C e D, que auxilia no processo da imunidade", ressaltou.

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook