Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cultura

Jairo Lima prepara novo livro voltado à fiscalização do dinheiro público

Por: REDAÇÃO PORTAL
O escritor e artista plástico, que é membro da Academia Cabense de Letras, vem há 5 meses escrevendo o seu mais novo livro: MANUAL PRÁTICO DO CIDADÃO BRASILEIRO – Fiscalize o seu dinheiro

Foto: Reprodução

07/01/2021
    Compartilhe:

O escritor e artista plástico Jairo Lima, membro da Academia Cabense de Letras, vem há 5 meses escrevendo o seu mais novo livro: MANUAL PRÁTICO DO CIDADÃO BRASILEIRO – Fiscalize o seu dinheiro.

Pós-graduado em Gestão Pública , Lima que é funcionário da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho há mais de 30 anos, teve passagem também por vários órgãos executivos e legislativos, municipal, estadual e federal, além de já ter atuado em diversas entidades e movimentos sociais.

Segundo Jairo, em pesquisa, não encontrou algo que esteja à disposição da população e que lhe sirva de suporte. Para o escritor, o Ministério Público, assim como outras instituições fiscalizadoras são insuficientes para dar conta de todas as demandas, “a sociedade precisa compreender que ela é o braço principal dos órgãos de controle e que a sua participação efetiva no processo de fiscalização é fundamental.

Dando dicas dos capítulos, ele revela que assuntos como o papel dos conselhos populares; a visão patrimonialista do detentor do poder; os modus operandis da cultura e práticas do desvio do erário e os modelos de licitações mais sedutores aos corruptos; traços da personalidade de um corrupto à luz da psiquiatria; transições de governos: dificuldades para vender facilidades: os crimes mais tradicionais no ambiente público; agente público (funcionário) na prática da propina; ferramentais de fiscalização, dentre outros.

Jairo Lima já vem fazendo contato com algumas instituições de controle público no sentido de firmar parcerias. Ele ainda esclarece que está aberto para dicas e sugestões da população, que ainda podem constar no livro.

Finalizando, Jairo ainda diz:  o manual é uma obra é impessoal, contudo é do conhecimento público que a corrupção infelizmente ainda permeia pelos corredores das mais variadas correntes políticas, mas nem tudo está perdido, há nesse meio muita gente honesta, que sabe que o cidadão é o seu patrão e que lesar o patrimônio público é conspirar contra si mesmo e contra o povo”.

Contatos com o escritor: [email protected]

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook