Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Eleições 2020

João Campos abre vantagem de 11% e ganha de todos no segundo turno

Por: REDAÇÃO PORTAL
Segundo pesquisa publicada no Diário de Pernambuco de hoje, o candidato da Frente Popular do Recife aparece pela primeira vez com uma boa vantagem

Foto: Reprodução internet

13/10/2020
    Compartilhe:

Pesquisa do Instituto RealTime Big Data para intenção de voto na eleição para prefeito do Recife, realizada entre 08 e 10 de outubro, mostra o candidato João Campos (PSB) na liderança da disputa à sucessão do prefeito Geraldo Julio. Ele aparece com 27%, abrindo vantagem sobre os demais concorrentes.

Mendonça Filho (DEM) e Marília Arraes (PT) estão tecnicamente empatados na segunda posição, com 16% e 14%, respectivamente. A Delegada Patrícia (Podemos) ocupa a quarta posição, com 10%, seguida pelo Coronel Feitosa (PSC) e Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB), que aparecem com 2% cada. Carlos Andrade Lima (PSL) está com 1%. Os candidatos Charbel Maroun (Novo), Cláudia Ribeiro (PSTU), Thiago Santos (UP) e Victor Assis (PCO) não pontuaram. Os votos brancos e nulos somam 17%. Um total de 11% dos entrevistados não sabe em quem vão votar ou não respondeu.

A pesquisa ouviu mil eleitores na capital pernambucana e tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa de intenção de voto traz ainda seis cenários de um possível segundo turno. Em todos, João Campos venceria os principais concorrentes. Contra Patrícia Domingos, o pessebista teria 44% ante 35%. Frente a Marília Arraes, o resultado é de 44% a 39%. No cenário 3, Campos derrotaria Mendonça Filho por 41% a 34%.

Numa eventual ausência de João Campos do segundo turno, o quarto cenário mostra que Marília Arraes teria 38% contra 35% de Mendonça Filho. Numa outra possível disputa, Marília teria 38% frente 36% de Patrícia.

Por fim, em um cenário entre Mendonça Filho e Patrícia Domingos, o candidato do DEM teria 36% contra 34% da candidata do Podemos. Nesses casos, em virtude da margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, a indicação é de empate técnico.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook