Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cultura

Juliana Linhares lança clipe plano sequência de "Bombinha", com dança e performance

Por: REDAÇÃO PORTAL
O clipe, dirigido por Duda Maia, é um plano sequência gravado em uma casa vazia.

Foto: Marcelo Rodolfo/Divulgação

27/05/2021
    Compartilhe:

Após estrear carreira solo com o álbum “Nordeste Ficção”, trazendo beleza e alegria irresistíveis para a discussão de estereótipos regionais, Juliana Linhares lançou nessa quarta (26) o clipe de “Bombinha” no Youtube, música que norteou os trajetos que seu álbum tomaria.

Os versos da canção retratam um sentimento muito comum entre os nordestinos que se mudam para o Sudeste do país, e passam a ressignificar emoções e conquistas.

“Bombinha é uma música que fala muito sobre a busca pelo sucesso e consequentemente faz pensar sobre o que é a nossa verdadeira busca”, comenta a cantora.
“Quem explode é bombinha/ Eu quero é cantar pros meus/ Deixe que eu mesma decido/ Que rainha sou eu” [...] “E não quero ir pra Marte/ Quero ir pro Ceará/ Não vim aqui me exibir/ Eu vim aqui te buscar”.

O clipe, dirigido por Duda Maia, é um plano sequência gravado em uma casa vazia. “Quando chamei a Duda Maia pra dirigir sabia que ela iria buscar um caminho através do corpo. E assim fomos experimentando pelo espaço e criando camadas pra canção. No clipe, me sinto guerreira da minha pequena jornada, como na vida, de pés no chão dançando por um percurso curto dentro de casa. Nossos passos diários pra atravessar estes dias estranhos, e que dependem tanto das forças poéticas”, completa a artista.

As cenas trazem um trajeto sem cortes de Juliana Linhares e da diretora de fotografia Louise Botkay, resultado de alguns ensaios em equipe. A câmera acompanha incessantemente a performance corporal da cantora, que com movimentos sutis e ao mesmo tempo fortes, ocupa a casa já não mais vazia.

“Era uma dança minha com a câmera, e precisávamos ir juntas sem parar até o final. Acho que repetimos umas 10 vezes no dia. Foi duro! Mas o sucesso é sobre persistir, cair e levantar e encarar nosso corpo nestes processos, ampliando a consciência sobre as nossas escolhas. Que seja inspirador”, finaliza Juliana Linhares.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook