Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Nacional

Linha de transmissão desligou "milissegundos" antes de apagão, Ministro vai dar explicações no congresso, Governo insiste em sabotagem

Por: REDAÇÃO PORTAL
egundo Eletrobras, ocorrência isolada não derrubaria energia do país

Foto: Apagão no Brasil segue sendo um misterio. Foto: reprod.

17/08/2023
    Compartilhe:

A Eletrobrás informou, na noite desta quarta-feira (16), que identificou o desligamento da linha de transmissão 500kV Quixadá-Fortaleza por atuação indevida do sistema de proteção, milissegundos antes do apagão da manhã de terça-feira (15). Na ocasião, uma queda de energia atingiu todas as regiões do país. O Norte e o Nordeste foram os mais prejudicados e a normalização do sistema elétrico demorou mais nos estados dessas regiões do que nas outras partes do país. ​https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1549524&o=node

A empresa avaliou que o desligamento da citada linha de transmissão, de forma isolada, não seria suficiente para a abrangência e repercussão sistêmica do ocorrido. As redes de transmissão do SIN são planejadas pelo critério de confiabilidade “n-1”. Assim, em caso de desligamento de qualquer componente, o sistema deve ser capaz de permanecer operando sem interrupção do fornecimento de energia.

Em nota, a Eletrobrás avaliou “que a manutenção dessa linha de transmissão está em conformidade com as normas técnicas associadas”.

A empresa assegura que continua colaborando para a identificação das causas do apagão e dos motivos que levaram aos desligamentos ocorridos no SIN, sob a coordenação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Ministro vai dar explicações

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (16), um convite para ouvir o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, para dar explicações sobre o apagão que atingiu o país na última terça (15).

Alexandre Silveira alegou que o apagão ocorreu devido a um evento “extremamente raro” e “não tem nada a ver com a segurança energética do Brasil”. Dados técnicos ainda devem esclarecer o motivo do ocorrido, segundo ele.

Governo insiste em probabilidade de sabotagem

O ministro da Justiça, Flavio Dino, enviou nesta 4ª feira (16/8), ofício à PF (Polícia Federal) pedindo a investigação das causas do apagão.

Em seu perfil nas redes sociais, o ministro declarou ter enviado o pedido do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, de uma “investigação policial sobre a anômala interrupção”. Afirmou que “a providência é necessária em face da ausência de elementos técnicos, até o momento, que expliquem o que ocorreu”. Disse ainda ser “prudente uma análise mais ampla, inclusive quanto à possibilidade de atos ilícitos”.
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook