Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Eleições 2020

Mais 84 votos e o PMN teria conquistado uma vaga na Câmara de Olinda

Por: REDAÇÃO PORTAL
O Partido de Tota do V-8 foi o que ficou mais próximo de poder alterar a composição do futuro legislativo municipal.

Foto: Reprodução internet

19/11/2020
    Compartilhe:

Presidente do PMN em Olinda, o ex-candidato a prefeito Tota do V-8 e V-9 é conhecido na cidade por saber montar chapas competitivas para a disputa de vereadores. Fechado o resultado das urnas e feitos os cálculos com base no quociente eleitoral, o partido “bateu na trave” na eleição de 2020.

Ao analisar os números, o VER AGORA traz com exclusividade uma análise de como se deu a composição da Câmara Municipal de Olinda para o mandato 2021-2024.

Com a quantidade de votos conquistada pelos candidatos e pela legenda, os partidos Solidariedade, PSD, Cidadania e MDB, elegeram logo de saída um vereador cada. Foram: Saulo Holanda, Tonny Magalhães, Jesuíno Araújo e Mizael Prestanista, respectivamente.

Sobraram 13 vagas, com o Solidariedade, PSD e Cidadania, elegendo mais um cada. PSL, PL, PCDOB, PSC, PMB, PT, REPUBLICANOS, PDT e PRTB, também conquistaram uma vaga cada, nessa segunda rodada. Entraram: Felipe Nascimento, Flávio Nascimento, Bruno D’Melo, Ricardo Sousa, Jojó Guerra, Dete Silva, Labanca, Tostão de Olinda, Vinicius Castello, Denise Almeida, Everaldo Silva e Irmão Biá.

Ainda sobrou uma vaga, o que provocou a 3ª rodada, onde o Solidariedade conquistou a terceira cadeira, com a reeleição de Biai.

Nessa terceira rodada o Quociente Partidário (soma dos votos, dividida pelo número de vagas já conquistadas +1) do Solidariedade ficou em 7.610 votos. O PMN alcançou 7.518 votos no total, o que se constata que deixou de conquistar uma vaga no legislativo de Olinda, por uma diferença de apenas 84 votos.

Claro que essa análise é apenas conjectura, que pode servir de base para as futuras eleições. Voltando à realidade da eleição de 2020, o primeiro suplente do Solidariedade é o atual vereador Professor Marcelo.  

A candidata mais votada do PMN, Polly Espadinha, não fica na suplência, haja vista o partido não ter conquistado vaga, assim como PSDB, Patriotas, PSOL, PSB, PTC, Avante, DC, PP, Podemos e Rede. 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook