Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Eleições 2020

Mário Ricardo, em Igarassu e Lupércio, em Olinda, são os grandes vencedores das eleições na Região Metropolitana

Por: REDAÇÃO PORTAL
Os maiores perdedores foram os atuais prefeitos do Cabo, Lula Cabral, que perdeu para o atual vice e os de Moreno, Vavá Rufino e da Ilha de Itamaracá, Tato, que ficaram em terceiro lugar

Foto: Reprodução internet

17/11/2020
    Compartilhe:

A cada eleição o resultado é sempre visto como o termômetro, que mede o nível de satisfação do eleitorado com a gestão pública. No caso dos municípios esse aspecto é ainda mais aguçado, já que é na gestão municipal onde o eleitor sente as maiores dificuldades no dia-a-dia de sua vida em comunidade.

Neste aspecto, os números da apuração mostram que na Região Metropolitana do Recife, os atuais prefeitos mais perderam do que ganharam. Entre os 14 municípios da RMR, a população “aprovou” as gestões em 6 deles onde o prefeito foi reeleito ou fez seu sucessor. Em outros seis, o prefeito foi derrotado. Na Capital, Recife, e em Paulista, os prefeitos não conseguiram eleger seus sucessores no primeiro turno, mas ainda tem a chance de saírem vitoriosos no segundo turno, que ocorrerá no próximo dia 29 de novembro.

As gestões mais vitoriosas nas eleições foram as dos prefeitos de Igarassu, Mário Ricardo (PTB), e  de Olinda, Professor Lupércio (SD).

Em Igarassu, a atual vice-prefeita e candidata da gestão, Prof.ª Elcione (PTB), é a prefeita eleita com 63,83% (36.273) dos votos válidos. Em Olinda, o Professor Lupércio  foi reeleito com 63,62% (123.534) dos votos. 

Outras gestões vitoriosas foram Itapissuma, onde Zé de Irmã Teca (PSD) se reelegeu com 56,61% (8.271) dos votos válidos; Camaragibe, onde a prefeita Doutora Nadegi (Republicanos) se reelegeu com 58,22% (45.941) dos votos válidos; Jaboatão dos Guararapes, onde Anderson Ferreira (PL) foi reeleito com 54,26% (144.586) dos votos válidos; e Ipojuca, com a prefeita Célia Sales (PTB) sendo reeleita com 46,04% (28.837) dos votos ipojucanos.

Os maiores fiascos eleitorias foram para as gestões de Abreu e Lima, Moreno, Cabo de Santo Agostinho e Ilha de Itamaracá.

Em Abreu e Lima o atual prefeito Pastor Marcos (PSB) viu sua candidata Cristiane Moneta (PSB) convencer apenas 12,89% (7.709) dos eleitores, ficando em terceira colocação. Ex-prefeito e candidato a prefeito pelo PSL, Flávio Gadelha se elegeu com 45,59% (27.273) dos votos.

Na cidade do Moreno, o atual prefeito Vavá Rufino (PTB) amargou a terceira colocação, com apenas 16,66% (5.667) dos votos. Seu opositor, Edimilson Cupertino (PSB) obteve 42,91% e foi eleito com 14.586 votos.

A mesma situação de terceira colocação ocorreu na Ilha de Itamaracá. Envolvido em operação da Polícia Federal, na véspera da eleição, o atual prefeito Tato (PSB) teve apenas 25,59% (3.282) dos votos válidos, enquanto Paulo Batista (Republicanos) obteve 33, 03% e foi eleito com 4.236 votos. Na Ilha de Itamaracá a eleição ainda pode ter uma reviravolta. O vencedor teve o registro de sua candidatura cassado pelo TRE-PE e pode ter os seus votos anulados por decisão final do TSE. Caso isso ocorra, o segundo colocado, Paulo Galvão (MDB), assumiria a administração da Ilha.

No Cabo de Santo Agostinho o prefeito Lula Cabral (PSB) viu o seu atual vice-prefeito Keko do Armazém (PL) passar a sua frente no resultado da eleição. Acusado de desvio de verbas públicas do Fundo de Previdência, Lula passou quase um ano preso, tendo sido liberado em janeiro desse ano. Na eleição ficou em segunda colocação, obtendo 29,29% (33.449) dos votos válidos, enquanto Keko foi eleito prefeito com 47,56% (54.305) dos votos.

Em São Lourenço da Mata o atual prefeito Bruno Pereira foi derrotado pelo ex-deputado Vinicius Labanca, que obteve 40,60% (23.867) votos, enquanto ele teve apenas 35,62% (20.937) da preferência do eleitorado,

Em Araçoiaba o candidato do prefeito Joamy, Professor Iverton (Avante) foi derrotado pelo ex-prefeito Jogli Uchôa (DEM) por uma diferença mínima de apenas 13 votos.

Na Capital, Recife, o candidato do prefeito Geraldo Júlio (PSB), João Campos (PSB) irá disputar o segundo turno contra a candidata do PT, Marília Arraes. O mesmo ocorre em Paulista, onde o candidato do prefeito Júnior Matuto (PSB), Francisco Padilha (PSB), também disputará o segundo turno, contra o ex-prefeito Yves Ribeiro (MDB).

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook