Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Eleições 2020

Movimentos por moradia declaram apoio à Marília Arraes e João Arnaldo

Por: REDAÇÃO PORTAL
Lideranças do PSOL também estiveram presentes na agenda

Foto: Eric Gomes

26/11/2020
    Compartilhe:

Nessa quarta-feira (25), representantes de movimentos de luta por moradia fizeram um gesto de apoio à candidatura de Marília Arraes (PT) e João Arnaldo (PSOL) para Prefeitura do Recife. Os militantes fizeram um encontro com Marília e João na sede do PSOL-Recife, no bairro da Boa Vista, centro do Recife.

Lideranças do PSOL também estiveram presentes na agenda, como as co-deputadas estaduais Jô Cavalcanti, Katia Cunha e Joelma Carla, do mandato coletivo Juntas, a vereadora eleita do Recife Dani Portela, todas do PSOL, e o presidente municipal do partido, Severino Alves.

A reunião contou com representantes do Movimento Urbano dos Sem-Teto; do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST); do Movimento e Luta por Moradia de Pernambucano; do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas; e do Movimento Metropolitano por Moradia Popular.

Victoria Genoino, da coordenação do MTST, reforçou o compromisso do movimento com a candidatura de Marília. “Todos sabem do nosso compromisso com as lutas institucionais. Pela moradia no centro. Só no bairro de Santo Antônio tem mais de cem prédios desocupados. Também precisamos ressaltar a importância de mulheres nesse espaços de luta”, disse.

Os movimentos querem garantir uma reforma urbana na cidade do Recife. Luta contra a especulação imobiliária. Também reclamam de problemas na regularização dia domicílios em conjuntos habitacionais. Para os representantes da militância, a atual gestão do PSB não tem compromisso com a reforma urbana e com uma gestão popular.

Para João Arnaldo, o reencontro com os movimentos foi significativo. “Estamos reafirmando o resgate de um projeto de habitação popular. Estamos essencialmente dizendo que temos um projeto de cidade para construir juntos. Esse espaço representa muito mais que um encontro com lideranças, mas quais lideranças vão caminhar com a gente”, defendeu.

“Precisamos reacender a esperança na população. A atual gestão acabou com todas as agendas sociais na cidade. Vamos buscar soluções juntos e cada momento de conquista, vamos celebrar juntos. Vamos fazer a gestão mais democrática e popular que já teve no Recife”, disse João Arnaldo.

Marília Arraes reforçou que o encontro tem o simbolismo de um desejo por uma sociedade mais justa.: “Entrei na política junto com meu avô, Miguel Arraes. Por todo o Recife há lugares onde ele lutou pela moradia das pessoas. Hoje em dia esse legado de perdeu. A gestão do PT deixou vários habitacionais em andamento, e a atual gestão deixou vários parados”, disse a candidata a prefeita do Recife.

“Se contenção de encostas e habitação digna fossem políticas de estado, talvez a gente hoje estivesse evoluindo em outros temas. Precisamos colocar isso na cabeça das pessoas, para que ninguém precise passar por esse tipo de situação precária no futuro. Nossa candidatura é a única, com competitividade, com um compromisso verdadeiro com as pautas populares”, concluiu Marília Arraes.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook