Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

Olinda: vereador do PT denuncia "desorganização e relapso" com a vacinação

Por: REDAÇÃO PORTAL
Vinicius Castello disse que na cidade a letalidade por causa da doença é quase o dobro do que acontece no Brasil

Foto: Reprodução Internet

11/05/2021
    Compartilhe:

O vereador do Partido dos Trabalhadores (PT), Vinícius Castello, mostrou sua indignação com a forma como a Prefeitura de Olinda vem realizando o enfrentamento à pandemia do Covid-19. As críticas recaem especialmente sobre o esquema de vacinação, que, segundo ele, estaria ocorrendo de forma “desorganizada e relapsa”, levando pessoas a passar até cinco horas na fila em vão.

“São cenas de abandono e desorganização por parte da gestão da nossa cidade. Pessoas relatando que passaram quatro, cinco horas numa fila sem conseguir serem vacinadas. É um absurdo o que está acontecendo! Revoltante! Eu, enquanto vereador e enquanto cidadão desta cidade, irei fiscalizar e cobrar da Prefeitura e da Secretaria de Saúde que façam o seu trabalho!”, afirmou o parlamentar em uma rede social.

O vereador petista utilizou dados do boletim epidemiológico da própria Prefeitura de Olinda, ele também denunciou o suposto “alto índice de letalidade” das vítimas da Covid-19 na cidade. “Ao longo de pouco mais de ano Olinda registrou 17.509 casos confirmados onde 764 pessoas chegaram a óbito. No Brasil a taxa de letalidade da doença é de 2,7. Em Olinda esta taxa é de 4,4. Ou seja, quem mora em Olinda tem quase duas vezes mais chances de morrer de Covid do que a média brasileira“, comentou.

O presidente Jair Bolsonaro não foi poupado e, mais uma vez chamado de “genocida”. O vereador disse que o “caos em Olinda” é culpa do presidente e do Ministério da Saúde.

“É neste cenário de morte e descaso que o Ministério da Saúde do governo genocida de Bolsonaro recomendou a utilização de todas as doses enviadas da Coronavac. Seguindo a recomendação do órgão oficial, a Prefeitura de Olinda ficou sem doses e o que foi registrado desde a semana passada são pessoas sem vacina, aglomeradas e desesperadas”, disparou.

Com informações do Blog Observatório de Olinda

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook