Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

Paulista intensifica estratégia de vacinação contra a Influenza

Por: REDAÇÃO PORTAL
O objetivo da prefeitura é reduzir a sobrecarga no sistema de saúde e para prevenir novos surtos de doenças respiratórias

Foto: Divulgação/PMP

13/07/2021
    Compartilhe:

A Prefeitura da Cidade do Paulista está intensificando a imunização contra a gripe nos grupos prioritários. Embasada nas orientações do Governo Estadual, a iniciativa visa a redução da sobrecarga do sistema de saúde municipal, sobretudo considerando o cenário de pandemia da Covid-19. 

Ao intensificar a vacinação, a gestão municipal trabalha na prevenção de possíveis novos surtos de doenças respiratórias, incluindo a própria Influenza.

A partir desta segunda-feira (12), a secretaria de Saúde realiza a aplicação do imunizante. O município conta com 45 Unidades de Saúde da Família, mas neste momento haverá vacinação em 39 delas. As Unidades de Saúde da Família, que não estão realizando vacinação temporariamente, são: José Borges I e II, na Alameda Paulista; Maranguape I A e B, em Maranguape I; Quirino Ribeiro, no Loteamento Conceição e Nossa Senhora Aparecida, localizada no Janga. 

O Centro de Saúde João Abimael que estava com a sala de vacinação inativa já está habilitado a receber os pacientes para a aplicação do imunizante exclusivamente no horário das 13h00 às 17h00.

Grupos prioritários da influenza nesta fase:

• Crianças de 06 meses a menores de 06 anos (05 anos, 11 meses e 29 dias);

• Gestantes;

• Puérperas (mulheres que tiveram filhos em até 45 dias);

• Povos indígenas*;

• Trabalhadores de saúde; 

• Idosos (pessoas com mais de 60 anos); 

• Professores do ensino básico e superior;

• Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

• Pessoas com deficiência permanente;

• População privada de liberdade e adolescentes e jovens (12 a 21 anos) em medidas socioeducativas;

• Trabalhadores do sistema prisional;

• Trabalhadores de força de segurança e salvamento;

• Trabalhadores portuários e de transporte coletivo rodoviário de passageiros;

• Caminhoneiros.

Para receber a dose, é necessário considerar as exigências comprobatórias dos grupos listados acima. O munícipe que pode se vacinar em razão de possuir alguma comorbidade deve comprová-la através de laudo médico assinado.

É necessário aguardar 15 dias para se imunizar contra a Covid-19 após receber a dose contra a gripe. O mesmo vale para quem tomou a vacina contra a Covid-19. Também é preciso esperar 15 dias para a receber a aplicação contra o vírus Influenza.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook