Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

PCR oferece curso de segurança viária para motociclistas do Recife

Por: REDAÇÃO PORTAL
Ao todo, foram 200 motociclistas beneficiados com a parceria entre CTTU e Compaz

Foto: Marcos Pastich/PCR

27/07/2021
    Compartilhe:

Nesta terça-feira (27), em alusão ao Dia Nacional do Motociclista, a Prefeitura do Recife ofereceu uma formação para 200 motociclistas que residem em áreas de vulnerabilidade. O curso foi oferecido pela Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) aos públicos dos Centros Comunitários da Paz (Compaz), em parceria com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). As turmas foram formadas por alunos dos Compaz Ariano Suassuna (Cordeiro), Miguel Arraes (Caxangá), Eduardo Campos (Alto Santa Teresinha) e Dom Hélder Câmara (Joana Bezerra). O encontro contou com a participação da Trupe da CTTU. Além disso, agentes e orientadores de trânsito fizeram blitze educativas para alertar os motociclistas que passavam na Avenida Agamenon Magalhães e no Marco Zero sobre os fatores de riscos para sinistros de trânsito graves.

"Escolhemos essas áreas para oferecer os cursos porque têm grande número de motociclistas e que em sua maioria  precisam do veículo para trabalhar ou se locomover até o trabalho, então precisamos chegar mais perto para orientar e evitar de todas as formas os sinistros de trânsito, que são um problema de infraestrutura e de atitudes imprudentes, e que compromete o sistema de saúde e as condições econômicas de toda a família ligada à vítima. A parceria com o Compaz foi essencial porque são equipamentos que já estão próximos ao dia a dia da comunidade", explica a presidente da CTTU, Taciana Ferreira. A iniciativa faz parte do Programa Piloto Seguro, que traz uma série de intervenções para garantir a conscientização e a segurança viária dos condutores de motocicletas. Isso porque, de acordo com os dados do Comitê Municipal de Acidentes de Trânsito (Compat), esses são os principais usuários contributivos para sinistros de trânsito com vítimas fatais (15,5% em 2019).  

Durante o encontro, que teve uma hora de duração e aconteceu de forma online devido aos protocolos contra a transmissão da covid-19, os motociclistas tiveram acesso a conteúdos como pilotagem defensiva, vestimenta adequada para conduzir o veículo, tipos de frenagem, ponto cego e também discutiram alguns itens importantes do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).  Além disso, devido ao alto número de ciclistas nas regiões contempladas, o curso abordou, também, condutas de respeito e proteção aos ciclistas no trânsito.

Além dessa programação para os motociclistas, haverá, ainda, uma formação para 120 professores da Rede Municipal de Ensino na quinta-feira (5). O encontro vai durar duas horas e acontecerá de forma online. Na ocasião, os docentes terão acesso a técnicas de ensino de educação para o trânsito, com informações aprofundadas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e sobre o respeito aos diversos meios de transporte nas vias. Além disso, os educadores receberão informações sobre a política de mobilidade do Recife, que tem invertido a prioridade nos equipamentos de trânsito, focando nas pessoas, não nos veículos.

Programa Piloto Seguro 

Lançado durante o Maio Amarelo de 2021, o Programa Piloto Seguro tem o objetivo de reduzir os sinistros de trânsito com motociclistas, que são os principais usuários contributivos para esses eventos, de acordo com o relatório do Comitê Municipal de Acidentes de Trânsito de 2019. De forma inovadora, o programa une várias áreas da gestão de trânsito - educação, engenharia e fiscalização - para proporcionar mais segurança viária aos motociclistas com conscientização, estrutura viária, blitze educativas e encontros com motociclistas.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook