Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

PCR realiza vacinação antirrábica, neste sábado (7), na Ilha do Retiro, Afogados e Mangueira

Por: REDAÇÃO PORTAL
Quem não vacinar o animal, no sábado, poderá leva-lo em algum dos 20 postos fixos que vão funcionar durante a semana

Foto: Ikamahã/Sesau-PCR

06/11/2020
    Compartilhe:

A Prefeitura do Recife retoma, neste sábado (7), a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal. Nesta segunda etapa, a ação porta a porta vai imunizar cães e gatos, entre 8h e 17h, nos bairros da Ilha do Retiro, no Distrito Sanitário 4; e Afogados e Mangueira, os quais integram o DS 5. O trabalho contará com mais de 200 profissionais de Vigilância Ambiental e voluntários.

Os moradores cujas casas não forem visitadas pelas equipes, no sábado, podem levar seus animais para um dos 20 postos fixos de vacinação, que estarão abertos de segunda (9) a sexta-feira (13), das 8h às 17h.

Os pontos estarão distribuídos nos bairros da Iputinga, Cordeiro, Engenho do Meio, Várzea, Caxangá, Bongi, Totó, Areias, Estância, Coqueiral, Jardim São Paulo, Barro, San Martin, Torrões e Mustardinha. A relação com todos os postos fixos pode ser acessada aqui e em anexo.

PRÓXIMA ETAPA – No sábado, dia 21 de novembro, a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal fará o porta a porta nos bairros de Apipucos e Macaxeira - pertencentes, respectivamente, aos Distritos Sanitários 3 e 7. Os postos fixos dessas áreas vão funcionar em 14 pontos e serão divulgados uma semana antes.

RAIVA - A raiva é uma zoonose (doença que pode ser transmitida de animais para seres humanos) grave, que afeta o sistema nervoso central e mata em quase 100% dos casos, tanto as pessoas quanto os animais.

A doença viral e infecciosa pode ser transmitida pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordida, lambida ou arranhão. Os cachorros com raiva costumam ficar agressivos ou tristonhos, com salivação excessiva, dificuldade para engolir, latido rouco e paralisia das patas traseiras.

A campanha de vacinação antirrábica é garantida pelo SUS porque o objetivo é atingir o ciclo humano. Os animais precisam se imunizar todo ano para garantir a proteção deles e, consequentemente, da população humana.

No Recife, 2017 foi o último ano em que foram registrados casos de raiva em um gato e um humano. Em 2018 e 2019, apenas quatro ocorrências foram detectadas, em morcegos. Em 2019, foram vacinados mais de 150 mil animais.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook