Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Ouvir
Acontece

PE: inscrições para o programa “Meu Amigo Protetor” vão até 5 de setembro

Por: REDAÇÃO PORTAL
Os protetores e ONGs cadastrados poderão receber apoio a partir de 6 de outubro de 2023 até 5 de outubro de 2024.

Foto: A prefeitura de Recife ressalta que poderão participar do credenciamento apenas os protetores e ONGs protetoras de animais atuantes no Recife.

03/09/2023
    Compartilhe:

As inscrições para o credenciamento no programa “Meu Amigo Protetor” já estão abertas e irão até o dia 5 de setembro. Esta é uma uma iniciativa da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais (SEDA) e tem como objetivo cadastrar ONGs e protetores de animais atuantes na cidade para beneficiá-los com políticas de apoio que serão instituídas pela SEDA.

Os protetores e ONGs cadastrados poderão, a partir de 6 de outubro de 2023 até 5 de outubro de 2024, receber assistência veterinária para os animais acolhidos, além de terem acesso a outras políticas de apoio fornecidas pela SEDA durante esse período de 12 meses.

A ONG Anjos do Poço é uma organização que atua em defesa do meio ambiente e do bem-estar animal. A presidente Laura Ferraz explica que a instituição resgata, acolhe, cuida e coloca os animais para adoção. Laura afirma que a ONG já fez o cadastro no programa e a expectativa para conseguir o auxílio é alta.

“A gente espera receber realmente o auxílio, porque nosso trabalho é um trabalho sério, é um trabalho que a gente realiza e faz a diferença, mas com muito sacrifício. Então se a gente realiza sem um apoio de qualquer ente público e ainda faz um trabalho legal, imagine se a gente receber auxílio”, avalia. 

A prefeitura de Recife ressalta que poderão participar do credenciamento apenas os protetores e ONGs protetoras de animais atuantes no Recife, residentes ou com sede no município, que preencham as condições estabelecidas no edital. O resultado será publicado no dia 12 de setembro. As inscrições deverão ser feitas através do site da SEDA.

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook