Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Opinião

Polêmica: Barroso Censurado em Minas!

Por: SIDNEY NICÉAS
O poeta, jornalista e colunista do Tesão Literário teve sua instalação “Deslocamento” censurada em Belo Horizonte

Foto: Divulgação

25/09/2022
    Compartilhe:

*por Sidney Nicéas

Não é de hoje que se discute a liberdade, a democracia, o ‘ilimitado’ criar artístico. Estar no poder tem sido sinônimo de podar iniciativas para se fazer valer o pensamento dominante convencionado - a arte, pelo contrário, sempre representa os questionamentos necessários para se pensar, refletir, sobre ‘tudo’. Historicamente, o mundo vai capotando em círculos estranhos e revivendo o que já parecia superado, trazendo uma sensação muito real de que mudanças são, não são, precisam continuar sendo. Nesse ir-e-vir, que nos traz a impressão de um sem-fim irritante, os fatos vão se acumulando - e se repetindo. O poeta e jornalista Carlos Barroso, que também é colunista do Tesão Literário, sofreu semana passada com essa espécie de looping em sua Instalação intitulada “Deslocamento”, exposta em Belo Horizonte.

“Deslocamento” entrou em cartaz no prédio da Assembléia Legislativa da capital mineira no dia 05 de setembro e ficaria até a última sexta (23), todavia, acabou censurada e encerrada no último dia 19. O interessante foi que o movimento partiu de parlamentares bolsonaristas, incomodados com as reflexões profundas sobre credo, capital e liberdade, confundindo arte com panfletarismo barato. Durante quase duas semanas estes mesmos deputados sequer haviam se dado ao interesse em conferir a exposição, só se mobilizando quando um vídeo foi produzido criticando a instalação. Um dos deputados, inclusive, confundiu alhos com bugalhos ao declarar que “o Estado é laico, mas não é ateu” (oi?) e chegou a chamar Barroso de “anticristo”. Carlos Henrique (Republicanos), autor da frase, merece a máxima de Jesus, que, segundo consta na Bíblia, gritou na cruz: “Perdoai-os, Pai, pois eles não sabem o que fazem!” (Lucas, 23:34) - nem o que dizem (o pior é que sabem sim, esse é o maior problema).

Vale salientar que essa mesma instalação ficou em cartaz em Ouro Preto (MG), cidade das belíssimas igrejas seculares e de um povo religioso, teve mais de 10 mil visitantes e não houve nenhum incidente, nenhuma censura. “A arte tem o papel de desmistificar, de criar diálogo. Não é pornografia, não é sacrilégio”, disse Barroso à reportagem da Folha de São Paulo do último dia 21. Ao Tesão Literário, Barroso foi mais além.

“A censura e a interdição da mostra certamente são um atentado à liberdade de expressão, à cultura e à arte. “Deslocamento” é uma obra aberta, um trabalho de estética, com instalações, objetos, leds, backlight, ready-mades, esculturas, quadros, engenhos, poemas visuais, entre outros. Não ataca a fé ou religião de ninguém. Não contém pornografia ou apologia sexual, além de defesa do amor sem preconceito”, explica o artista.

Nesses tempos em que se voltou a “discutir” infantilmente coisas como o poder das vacinas e o formato da Terra, dentre outras idiotices que acreditávamos superadas, vão se repetindo ações de censura e ignorância. “Este poeta e artista respeita todos os pensamentos e todos os credos. Não usa a atração ao prazer do sexo para vender trabalhos. As obras expostas, inclusive, não são comerciais”, faz questão de ressaltar Carlos Barroso, que continua. 

“A arte – e isso ocorre há milênios – traz em si elementos de dessacralização, de desmistificação, de diálogo e discussão de ideias, que podem – e devem – ser criticados, com contraposições ao processo criativo e ao pensamento expostos. Mas, presumivelmente, não virar alvo do obscurantismo, do ódio extremista, do fundamentalismo, que nada acrescentam. Mas essa, contudo, é a política em curso no país – contra a arte, contra a cultura e contra os processos de educação, exacerbada na reta final da disputa eleitoral”, finaliza.

É indispensável para você, caro leitor, pensar, questionar, ir além do que lhe foi imposto. Não há sociedade que evolua sem buscar se compreender e, acima de tudo, mapear se o que se impõe como “verdade” tem consistência. Falar sobre fé e religiosidade nada deveria ter a ver com instituições, mas sim com individualidades. A arte traz esse tipo de premissa, dentro de uma liberdade que não se goza coletivamente. É absurdo conceber que religião e política continuem tão misturados a ponto de promover absurdos como esta censura ao fantástico trabalho de Carlos Barroso. O pior é constatar que o presidente da Assembléia Legislativa de Belo Horizonte, o Deputado Agostinho Patrus (PSD), que viabilizou ou ao menos cedeu à censura, só o fez, ao que parece, por medo de perder apoio na Casa, já que está almejando o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas de Minas Gerais e precisará ser aprovado em votação pelos colegas…

Censura feita, resta o combate. Por isso mesmo poetas, escritores, artistas e amigos de Carlos Barroso criaram um manifesto pela liberdade de expressão, contra a censura, anticonstitucional e ilegítima, que atinge a todos nós. “Quem concordar, assine-o”, diz Barroso, sabendo que o titular do Blog Tesão Literário não só já assinou, como fez questão de modificar a pauta deste domingo para trazer à lume essa questão urgente aqui no blog. É imperante agir. Abaixo está o link para quem desejar fazer coro a artistas de todo o país na luta contra o pensamento obscuro, em favor da arte e da liberdade criativa!

https://chng.it/QpGRsQxC 

--

Sidney Nicéas é escritor com cinco obras publicadas e editor do Blog Tesão Literário. Colunista de Literatura das Rádios CBN e Transamérica, preside a Ideação, co-realizadora da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. Prepara dois romances para breve, um biográfico e outro de ficção. Também é Relações Públicas com MBA em Gestão de Pessoas, Pós-Graduando em Escrita Criativa e titular da própria assessoria de comunicação, a Sidney Nicéas Comunicação Integrada. Ainda integra os projetos sociais Sertânia Sem Fome e Mundo do Lua, além de promover diversas ações que visam a inclusão social pela Literatura.

https://instagram.com/sidneyniceas

https://www.facebook.com/snoliii 

https://twitter.com/De2em2

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook