Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Precatórios do Fundef Pernambuco: com site fora do ar e reclamações de professores e herdeiros inicia 2ª etapa de pagamentos.

Por: Carlos SIERRA
Governadora informava que o site tem problemas e pede para esperar ou enviar por e-mail.

Foto: FUNDEF TRIUNFO DOS PROFESSORES DO ESTADO PE

13/08/2023
    Compartilhe:

Como é usual no Governo de Pernambuco, quando se trata dos precatórios do Fundef, o processo ou vai devagar ou fica atrapalhado, ainda hoje muitas pessoas não conseguiram receber a primeira parcela dos precatórios, devido as travas no sistema, que teve até hacker envolvido e as armadilhas burocráticas que fazem do direito legítimo, no caso dos professores, aposentados e herdeiros, um via-crúcis, para chegar até o dinheiro, legitimamente conquistado pelo setor dos educadores do Estado, representado pelo Sintepe (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco.

Já a segunda parcela que outros estados já começaram a pagar, teve anuncio só essa semana, depois que o Sintepe fez pressão, tendo em conta que os dinheiros foram depositados desde fins do mês de junho, e se esperaria uma logística pronta para isso. Então, não é de surpreender que o site disposto para reclamar o dinheiro esteja quebrado, sem acesso. O Portal Veragora, atendendo professores e familiares que tem se comunicado com nós, leva vários dias tentando acessar ao site indicado pelo governo, sem ter sucesso.

A governadora Raquel Lyra anunciou o passado 10/8 que faria os pagamentos o dia 25, sexta feira, com isso devemos entender que começarám nessa data; o anúncio foi feito por meio das redes sociais. Segundo ela, professores ativos e inativos já podem consultar o valor a que terão direito por meio do site https://precatoriofundef.educacao.pe.gov.br.

Contestações dos valores também poderão ser feitas por meio da mesma página, até a próxima segunda-feira (14). O qual parece impossível já que o site não funciona.

Poderão receber os valores professores ativos, aposentados e sem vínculo vigente com o Estado, além de herdeiros dos professores atuantes nas unidades escolares estaduais entre os anos de 1997 a 2006.

A primeira parcela dos precatórios do Fundef, de 40%, começou a ser paga em 2022, ainda na gestão Paulo Câmara. A segunda parte, de 30%, esperasse seja paga em 2023 e uma terceira, também de 30%, está prevista para 2024.

Já no comunicado, a Governadora informava que o site tem problemas e pede para esperar ou enviar por e-mail.

Segundo o governo, beneficiários que não conseguirem acesso à plataforma podem encaminhar a documentação solicitada para a liberação do pagamento pelo e-mail [email protected]. Após o envio, é necessário entrar em contato pelos números (81) 3183-8773 / 3183-8808 ou pelo WhatsApp (81) 98877-1584 para confirmar o recebimento do e-mail e de todos os documentos.

Herdeiros devem apresentar alvará judicial ou escritura de inventário constando autorização para levantamento dos valores FUNDEF, certidão FUNDEF, atestado de óbito, RG, CPF e dados bancários dos beneficiários citados no alvará judicial ou escritura de inventário (foto do cartão bancário, ocultando o código CVV ou cabeçalho do extrato bancário).

 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook