Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cultura

Prefeitura do Recife classifica sede do Clube Barroso como Imóvel Especial de Preservação (IEP)  

Por: REDAÇÃO PORTAL
Junto com a garagem de remo do Náutico, imóvel localizado na Rua da Aurora é o 264º a ser protegido por Lei

Foto: Reprodução internet

11/02/2021
    Compartilhe:

Junto a com a garagem de remo do Náutico, na Rua da Aurora, a sede do antigo Clube Esportivo Almirante Barroso, popularmente conhecido como Barroso, em Santo Amaro, foi transformada em Imóvel Especial de Preservação (IEP). O decreto 34.343 foi assinado na segunda-feira (8) pelo prefeito João Campos e publicado na edição do Diário Oficial do Recife na terça-feira (9).

Os dois imóveis fazem parte da memória esportiva, afetiva e arquitetônica da cidade. Foi na Rua da Aurora que a prática do remo no Recife viveu seu auge no início do século 20, quando Náutico, Barroso, Internacional (que também chegou a ter uma sede de remo na Rua da Aurora) e Sport disputavam as competições nos rios Capibaribe e Beberibe.

A transformação do Barroso em IEP foi aprovada em reunião do Conselho de Desenvolvimento Urbano da Cidade em 27 de novembro de 2020, através da Lei nº 16.284/1997, cujo objetivo é preservar exemplares de arquitetura significativa para o patrimônio histórico, artístico e cultural da cidade, de forma a manter viva a memória da identidade do Recife.

Para a catalogação de um IEP, os pedidos são concedidos pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU), a quem juridicamente cabe a apreciação e deliberação sobre a inclusão dos imóveis da cidade como IEPs. O passo a passo inclui uma análise prévia feita pela Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural (DPPC) para avaliar tecnicamente os pré-requisitos para classificação do bem como Imóvel Especial de Preservação. Caso o imóvel preencha os critérios estipulados em Lei, o parecer então é submetido ao CDU, que decide pela sua inclusão no rol de IEPs, com criação de Decreto Municipal.

Ainda de acordo com a legislação, cabe ao proprietário da edificação manter as características originais do imóvel. Fica vedada a demolição, descaracterização dos elementos originais e alteração da volumetria e da feição da edificação original.

À Prefeitura cabe gerar mecanismos de incentivo que estimulem os proprietários a manter a conservação do imóvel. Para tanto, a lei prevê a isenção total ou parcial do IPTU nos seguintes termos:

• 25% pelo prazo de dois anos para imóveis que passam por obras de conservação
• 50% pelo prazo de quatro anos no caso de imóveis que passaram por recuperação ou reparos
• 100% no prazo de quatro anos para os imóveis que passaram por restauração total

Segundo a lei, "as intervenções de qualquer natureza nos IEPs ficam sujeitas à consulta prévia e à análise especial por parte dos órgãos competentes do Município". De 2013 até hoje já foram 106 imóveis transformados em IEPs, a exemplo das sedes do Sport, América, do Jockey Clube do Recife e do Colégio Marista, entre outros.

MEMÓRIA - O Barroso foi fundado em 02 de maio de 1909, numa época em que o remo no Recife era dominado por ingleses e brasileiros. Foi quando a comunidade portuguesa resolveu criar uma agremiação. O nome é uma homenagem ao almirante português Francisco Manoel Barrozo da Silva, o Barão do Amazonas, que, em 1865, teve importante atuação na Batalha do Riachuelo, na Guerra do Paraguai. A primeira sede foi no Cais José Mariano, só depois vindo a ocupar o atual endereço,na Rua da Aurora.

O clube se tornou o principal ponto de encontro dos jovens imigrantes portugueses, que também praticavam natação, pólo-aquático, futebol e esgrima. Era uma agremiação com intensa movimentação social por parte da comunidade lusitana do Recife.

Em meados dos anos 1980 a sede do Barroso abrigou um cassino. Desde 2012 funciona no local o Buffet Ana Paula Góes & Barrozo. O imóvel tem características coloniais/ neoclássicas e os elementos Art Déco nas fachadas. A exemplo da garagem do Náutico, sobrevive em uma área que passa por grandes transformações urbanísticas.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook