Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Protesto: ônibus parados no Centro do Recife

Por: REDAÇÃO PORTAL
Demissões dos cobradores e dupla função, sucateamento do transporte público, segurança dos passageiros e dos motoristas, são os motivos alegados para o ato

Foto: Reprodução internet

21/09/2020
    Compartilhe:

Protesto: ônibus parados no Centro do Recife
Demissões dos cobradores e dupla função, sucateamento do transporte público, segurança dos passageiros e dos motoristas, são os motivos alegados para o ato.


Contra a retirada dos cobradores e acúmulo de função dos motoristas, um novo protesto acontece nesta quinta-feira (5), no Centro do Recife. O  Sindicato dos Rodoviários, com a participação da Frente de Luta Pelo Transporte Público, é responsável pelo ato.

Desde as 7h, os ônibus estão parados no cruzamento da Ponte Duarte Coelho, Avenida Guararapes, Avenida Conde da Boa Vista, Rua do Sol, Rua da Aurora e Ponte Princesa Isabel. Segundo os organizadores, o protesto deve seguir até às 12h. Sem opção, passageiros desceram dos coletivos e seguiram viagem a pé.

Para chegar ao Centro, a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) orienta um desvio pela Rua Dom Bosco, já que o trecho sentido Centro-Derby está paralisado e que o

Pedro Josephi, representante da Frente de Luta Pelo Transporte Público, diz que foi solicitada ao governo do estado e ao Grande Recife Consórcio de Transporte a suspensão imediata da retirada dos cobradores. "Não nos opomos à modernização do transporte coletivo, mas não podemos aceitar que seja feita do jeito que eles querem, sem respeitar os direitos dos trabalhadores e usuários”. 

A Urbana-PE emitiu uma nota onde informa que não houve demissões de cobradores motivadas pela alteração no procedimento de embarque e solicita providências do poder público contra os atos.

"A Urbana-PE solicita providências do poder público para que atos como esse não voltem a prejudicar toda a sociedade em função de interesses políticos de um grupo que vem se mostrando autoritário e descomprometido com a população".

De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Aldo Lima, o motivo do ato é, além das demissões dos cobradores e a dupla função, contra o sucateamento do transporte público, pela segurança dos passageiros e dos motoristas e para chamar atenção sobre Projeto de Lei que tramita na Câmara de Vereadores do Recife. 

    

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook