Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Recife inicia transformação digital a partir de uma rede colaborativa interna

Por: REDAÇÃO PORTAL
O encontro virtual lança oficialmente a Rede de Transformação Digital. Fechando a tarde de trabalho, os servidores participantes recebem os palestrantes Renan Hannouche e Dante Freitas

Foto: Reprodução Internet

30/05/2021
    Compartilhe:

Oitenta servidores. Esse é o número de pessoas imersas no processo que modernizará as rotinas de trabalho dos diversos setores da Administração Direta e Indireta da Prefeitura do Recife, bem como a interação do cidadão com a instituição. Para celebrar os primeiros resultados do trabalho iniciado a tantas mãos e nivelar os desafios futuros, a Secretaria de Planejamento, Gestão e Transformação Digital (SEPLAGTD) lança oficialmente a Rede de Transformação Digital nesta segunda-feira (31). O evento, totalmente virtual e ao vivo, será fechado a esses servidores elencados por suas chefias como membros da rede. Esse grupo é a ponte entre as secretarias e órgãos municipais com a equipe técnica da Secretaria Executiva de Transformação Digital (Setdigital), responsável em compilar todos os dados e projetar o  Plano Municipal de Transformação Digital. 

Pela primeira vez, depois da realização de vários encontros em separado com a turma da Setdigital, os componentes da Rede estarão reunidos virtualmente. A programação dessa grande reunião de trabalho, que será iniciada às 14h, está dividida em três momentos. As boas-vindas contará com mensagem do prefeito João Campos, principal incentivador da modernização digital dentro do Executivo Municipal e de sistemas online que permitam maior interação com a população, tornando a máquina pública mais ágil e transparente. Na sequência os participantes terão a oportunidade de ouvir o secretário da SEPLAGTD, Felipe Matos; o secretário executivo de Transformação Digital e que coordena o trabalho, Rafael Figueiredo; e o presidente da Empresa Municipal de Informática (Emprel), Bernardo D'Almeida. 

Braço operacional tecnológico de todo o processo de transformação digital da Prefeitura, a Emprel também estará presente. Diretores e gerentes da instituição foram convidados a participar da reunião, um importante passo para a Emprel, que terá a missão de viabilizar as mudanças tecnológicas que estão sendo construídas e que terão impacto direto nas rotinas de trabalho que, aos poucos, serão informatizadas. Além disso, os sistemas a serem aperfeiçoados e os novos que deverão surgir como ferramentas de contato direto com toda a estrutura da Prefeitura do Recife na solicitação de serviços também estarão ancorados dentro da Emprel, permitindo a segurança necessária aos usuários e servidores. 

O segundo momento é de mão na massa. Hora de conhecer o que já foi produzido a partir de cada uma das principais ações elencadas nas reuniões realizadas com cada Secretaria e órgão e de organizar a mente. Dentre as ações destacadas e que já estão em processo mais avançado de (re)estruturação estão: Protocolo Eletrônico, Escritório de Processos, Carta de Serviços, Portal de Serviços, Cadastro Base Cidadão, Rede de Transformação Digital e Portal de Inovação Aberta. A missão de fazer esse apanhado geral será de Felipe Cadena, assessor da Setdigital. 

Évisson Lucena, também parte da equipe de assessoramento da Setdigital, vai sacudir as mentes a partir de pensamentos propositivos e criativos. Em cena, o Design Thinking, uma abordagem prática para solucionar problemas complexos por meio do raciocínio lógico, coeso e estruturado, com início, meio e fim. Faz parte desse caldeirão criativo momentos de divergência para chegar aos pontos em comum e traçar, então, escolhas. O passo seguinte é o preenchimento colaborativo do Modelo de Negócio da Rede de Transformação Digital. Nuvem de palavras e post its, alguns dos sistemas mais simples e eficazes de trabalhar o mindset, serão usados virtualmente no estímulo do pensamento coletivo e ajudando a direcionar a percepção de todos em relação à atuação e ao propósito da Rede.

Fechando a tarde de trabalho com chave de diamante, os participantes serão brindados com duas palestras. Uma dobradinha que promete mexer com o jeito de pensar nos desafios, na forma como estruturar novas oportunidades e como o mundo está fazendo girar a roda da criatividade. Renan Hannouche e Dante Freitas, dois nomes de projeção nacional e internacional credenciados no universo dinâmico que são as pessoas e a maneira como elas se relacionam hoje com o consumo de bens e serviços. Eles abrilhantam o lançamento da Rede de Transformação Digital falando de inovação, futurismo, transparência, modernização.

SECRETARIA EXECUTIVA DE TRANSFORMAÇÃO DIGITAL - Com a criação da Secretaria Executiva de Transformação Digital, a Prefeitura do Recife começa a vivenciar um novo momento de inserção digital, tanto nas suas rotinas internas como nos serviços prestados à população. 

Assim, de maneira gradual, os serviços públicos serão disponibilizados dentro de sistemas digitais, como o Conecta Recife, facilitando o acesso à informação e possibilitando uma conexão direta entre a prefeitura e o cidadão a partir das solicitações que poderão ser acompanhadas de maneira transparente. Esse movimento dentro da prefeitura tem por objetivo mapear, classificar, organizar e padronizar o acesso digital dos serviços oferecidos pela gestão à população. A presença digital vem transformando a relação de consumo de bens e serviços e o poder público precisa estar inserido nesse processo de modernidade e inovação.

INICIATIVAS QUE JÁ SÃO REALIDADE - O Conecta Recife App teve seu uso ampliado e se transformou no hub digital da Prefeitura do Recife. Lançado em julho de 2020,  o aplicativo chegou no final deste último mês de abril a mais de quatro milhões de acessos, somando mais de 228 mil downloads, mais de 450 mil cadastros realizados para vacinação contra a covid-19 e mais de 620 mil ações vinculadas ao Crédito Popular do Recife (Cred Pop), entre cadastros e consultas. O app tem o objetivo de modernizar o acesso do cidadão e visitantes a mais de 150 serviços da Prefeitura, disponíveis de forma remota, gratuita, rápida e segura pelo smartphone. A ferramenta, gratuita, está disponível para a população nas lojas PlayStore e AppStore.  

Criado pela Empresa Municipal de Informática (Emprel - órgão ligado diretamente ao Executivo Municipal), o aplicativo integra cada vez mais o cidadão à Prefeitura, de maneira direta e confiável, como exemplo de tecnologia que desburocratiza o acesso do cidadão aos serviços públicos. Com foco em promover cada vez mais transformação digital, desde o início da gestão do prefeito João Campos, o Conecta Recife passou a disponibilizar o contracheque e o demonstrativo do Imposto de Renda dos servidores municipais, fez a liberação da matrícula da rede municipal de ensino, está emitindo boletos e pagando boletos a partir da integração com bancos. Em constante atualização, o Conecta Recife App tem disponibilizado novos serviços regularmente.

O Portal de Finanças - SEFIN (https://portalfinancas.recife.pe.gov.br/) é outro exemplo de sistemas que podem ser acessados pelos contribuintes sem sair de casa. Hoje, 90% dos serviços da SEFIN estão disponíveis no portal, além de estar também no Conecta.  

RECIFE VACINA E ATENDE EM CASA - Entre os serviços mais buscados dentro do Conecta Recife estão o Recife Vacina e o Atende em casa. Os dois sistemas fazem parte do enfretamento à convid-19 auxiliando a população e a Secretaria de Saúde na execução do Plano Municipal de Vacinação. Ambos com acessibilidade para pessoas com deficiência auditiva.

É por meio do Recife Vacina que a Prefeitura do Recife organiza o cadastro e o agendamento da população para receber a vacinação contra a covid-19 na capital. Ancorada dentro do Conecta Recife, o Recife Vacina é gerenciado pela Secretaria Executiva de Transformação Digital. A gestão municipal tem investido em um sistema 100% digital para gerenciar o processo de imunização na cidade, o que já gerou uma economia de R$ 3 milhões ao cofre municipal. Além disso, dentro do sistema é possível acessar atendimento remoto para tirar dúvidas.

O Atende em Casa foi criado há mais de um ano, no início da pandemia, e é uma importante ferramenta de automação para atendimento nos casos suspeitos e confirmados da covid-19. No primeiro momento um conjunto de perguntas e respostas classifica o paciente e faz as primeiras recomendações. No caso de pessoas classificadas com maior risco diante dos sintomas listados, é feito o teleatendimento por um profissional da saúde (médico ou enfermeiro). Em alguns casos o profissional indica o agendamento da testagem para o novo coronavírus e passa a fazer o acompanhamento remoto do paciente até que ele esteja curado. Nos casos mais graves, a equipe pode encaminhar o paciente a uma das unidades da capital que são referência no tratamento ou acionar a ajuda do SAMU.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook