Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

Restabelecida da Covid-19, Laura Gomes retoma as atividades legislativas

Por: REDAÇÃO PORTAL
A deputada do PSB retornou ainda mais defensora do sistema público de saúde

Foto: Reprodução Internet

06/05/2021
    Compartilhe:

A deputada estadual Laura Gomes (PSB), ficou nos últimos 15 dias de licença médica, se recuperando da Covid-19.  Nesta quinta-feira (6) a parlamentar retomou as agendas diretas no legislativo, participando da reunião Plenária nesta manhã. Laura, que é considerada uma deputada bastante atuante, fez pronunciamento emocionado, relatando que na prática que vivenciou o que já imaginava: “Não é nada fácil lidar com a Covid-19”. A deputada lembrou momentos difíceis em relação à respiração e a necessidade de ter suporte com fisioterapia pulmonar.

Agora restabelecida, está ainda mais consciente da gestão criminosa do governo federal. “A dor de uma nação, por uma pandemia mundial é agravada pela vacina que não foi comprada, chegando a ser negada 11 vezes, pela falácia da cloroquina que não cura, pelo desprezo à vida”, afirmou, cobrando que o presidente Bolsonaro responda criminalmente por seus atos e omissões. Ela enalteceu o trabalho da CPI da Covid, destacando que o que se ouviu até o momento já é suficiente para fazê-lo responder por crime à humanidade. Solidária com as famílias das mais de 414 mil pessoas que perderam a vida no país.

HOMENAGEM A DR. VIEIRA - Ao final do pronunciamento, Laura Gomes pediu licença para render homenagem ao Dr. Vieira, Antônio Vieira dos Santos, que faleceu no dia 15 de abril, destacando a importância desse pernambucano que dedicou a existência a abrir caminhos para defender a vida, o oposto do que vemos na gestão federal. “O amigo que partiu após longo internamento hospitalar, tinha um jeito único de explicar as coisas com paciência e uma habilidade rara de ouvir, de prestar a atenção nas pessoas, no ser humano. Dono de visão ampla, inclusiva, Dr. Vieira deixa na saúde pública seu maior legado”.

A deputada lembrou que ele foi responsável pelo incentivo e formação de toda uma geração de sanitaristas. Pioneiro na defesa do SUS, num tempo em que era preciso coragem para enfrentar ditadores e afirmar direitos. Sua voz defendeu nosso SUS na Constituição de 88. Contou que Dr. Vieira abriu mão de carreira na área privada para se dedicar ao setor público. Foi vice-prefeito, secretário de saúde, diretor do Hospital Regional do Agreste. Saudou por fim, sua vida e seu legado, inspirando novas lutas “em meio a este obscuro mar de mortes e desumanidade em que se encontra o Brasil”.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook