Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Rodoviários: emenda de última hora adia votação do projeto da dupla função

Por: REDAÇÃO PORTAL
Após mais de um ano tramitando, o PL 05/2019 recebeu nova emenda e com isso teve a votação adiada.

Foto: Reprodução internet/Sindicato Rodoviários

28/09/2020
    Compartilhe:

A Câmara do Recife, mais uma vez, adiou a votação do PL 05/2019, que determina o fim da dupla função dos motoristas de ônibus, impedindo as empresas de dispensar os cobradores.

Havia quórum para a votação, 25 vereadores registraram presença, quando o vereador Rodrigo Coutinho (Solidariedade) apresentou uma emenda, adiando a votação por, no mínimo, mais duas semanas.

A atitude do vereador do Solidariedade irritou o autor do projeto, vereador Ivan Moraes (PSOL) que viu na atitude do colega uma forma de adiar a votação do PL. “O vereador Rodrigo Coutinho teve um ano e meio para aprimorar o projeto. Poderia ter apresentado essa emenda há duas semanas. Fica parecendo uma estratégia agora para não votar”, protestou.

Outro que se mostrou bastante indignado foi o vereador Rinaldo Júnior (PSB). Autor de uma emenda ao PL 05/2019, ele se pronunciou para “alertar a população do Recife sobre o debate que está ocorrendo nesta Casa Legislativa. De um lado, temos a população, os trabalhadores rodoviários e usuários do transporte coletivo, do outro lado, os empresários de ônibus, reunidos dentro de um sindicato patronal, a Urbana, cuja prioridade é apenas o lucro. ”

Para Rinaldo Júnior, a “Câmara Municipal do Recife vai ter de se posicionar num determinado momento, que, infelizmente, não foi hoje, mais uma vez. ” Conclamando os colegas do parlamento para que “cada um que escolha seu lado nesse processo. Eu já tenho o meu lado, estou do lado do mais fraco, do trabalhador, ” o vereador disse confiar “que essa Casa está do lado da população e dos trabalhadores. ” 

Sobre a Urbana, o vereador questionou: “o presidente da Urbana acha que ônibus é mototáxi? Que o serviço pode ser prestado apenas com o motorista? Ou ele dirige ou dá suporte aos usuários, ” pontou. 

Rodrigo Coutinho justificou a necessidade da emenda apresentada hoje (28), para “que essa discussão fosse ampliada para ouvirmos outras entidades, outras pessoas, outros especialistas e discutirmos a viabilidade e aplicabilidade desse projeto”, argumentou Coutinho.

O Sindicato dos Rodoviários do Recife e RMR afirmou que a apresentação da emenda é uma “clara manobra a favor dos donos de empresas de ônibus”. O Sindicato irá manter a pressão sobre os vereadores contrários e agora, mais ainda sobre os autores da emenda. Vamos pedir à classe e à população que mande e-mail, telefone, mande mensagem de WhatsApp e principalmente que na hora de votar se lembrem dos nomes dos vereadores que ficaram do lado dos patrões e contra os usuários e trabalhadores do transporte público”. 

A emenda de Rodrigo Coutinho foi assinada por mais 16 vereadores: Antônio Neto, Benjamin da Saúde, Davi Muniz, Eduardo Chera, Eriberto Rafael, Felipe Francismar, Fred Ferreira, Hélio Guabiraba, Júnior Bocão, Marcos de Bria, Michelle Collins, Renato Antunes, Romerinho Jatobá e Samuel Salazar.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook