Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Cultura

Teatro do Parque é devolvido ao Recife com programação especial nesta sexta-feira (11) e no sábado (12)

Por: REDAÇÃO PORTAL
Serão dois dias de programação, adaptada aos protocolos sanitários, com apresentação teatral e de cinema. A partir da próxima semana, teatro abre para visitação do público

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

11/12/2020
    Compartilhe:

Após a grandiosa requalificação que resgatou a elegância do projeto arquitetônico de 1929 da casa de espetáculos mais unânime da capital pernambucana e lhe assegurou os mais modernos equipamentos cênicos, de som, iluminação e projeção, a Prefeitura do Recife devolve o Teatro do Parque à cidade neste fim de semana, com uma programação especialmente concebida em atenção aos protocolos sanitários reforçados em meio aos índices novamente crescentes da pandemia que assola o mundo inteiro. Nesta sexta-feira (11) e no sábado (12), um espetáculo teatral e a exibição de um filme histórico pernambucano marcarão o retorno do equipamento que formou muitas gerações de artistas, sob os aplausos de heterogêneas, calorosas e sempre numerosas plateias.

Preparada pela Secretaria de Cultura e pela Fundação de Cultura Cidade do Recife, a programação incluía, inicialmente, a realização de um concerto da Banda Sinfônica do Recife, que precisou ser cancelado, devido ao decreto recentemente anunciado pelo Governo de Pernambuco, proibindo a realização de shows, com ou sem cobrança de ingressos e independente do número de participantes.

Também será adiada, para evitar grandes aglomerações, em função da pandemia, a pré-estreia do premiado longa King Kong em Assunción, do cineasta pernambucano Camilo Cavalcante, que havia sido programada para este sábado. Uma nova data será anunciada tão logo seja possível e seguro para o público. O Parque aguardará esse encontro ansioso, cheio de saudade e de recursos tecnológicos para devotar ao cinema de Pernambuco e do mundo.

Na sexta-feira (11), a programação começa com a apresentação do espetáculo teatral Vozes do Recife, da Companhia Fiandeiros de Teatro. O espetáculo foi a primeira montagem da Companhia e traz à cena a poesia de Ascenso Ferreira, João Cabral de Melo Neto, Joaquim Cardozo, Manuel Bandeira e Carlos Pena Filho, desenhando no palco um mosaico poético sobre a cidade do Recife e sua trajetória para se tornar uma metrópole na visão desses cinco poetas. O texto é de André Filho, com pesquisa dele e de Carlos Mendes. A direção geral é de André Filho, a música é de Samuel Lira e a direção de arte leva a assinatura de Manuel Carlos. No elenco, a poesia ganha as vozes de Manuel Carlos, André Filho, Daniela Travassos , Kellia Phayza, Charly Jadson e Samuel Lira. A programação da sexta-feira não será aberta ao público, reunindo uma diminuta plateia de convidados, bem inferior à capacidade do teatro e em consonância com os protocolos sanitários que o momento exige.

No sábado (12), a partir das 16h, haverá a exibição do filme O Canto do Mar, de 1952, do diretor Alberto Cavalcanti. A película, que faz parte do acervo da cinemateca do Teatro do Parque, batizada justamente em homenagem ao diretor, foi filmada no Recife, com uma equipe de nomes ilustres da cultura local, como César Guerra-Peixe (música) e Hermilo Borba Filho (roteiro). A cópia que será exibida ao público, resgatando a rica história do audiovisual pernambucano, que teve muitos de seus capítulos contados no Parque, foi telecinada, digitalizada e editada pela própria equipe do teatro, que ainda conta com profissionais que atuavam na casa antes de seu fechamento para obras.

Uma hora antes da sessão, a partir das 15h do sábado, serão distribuídos 50 convites para o público, na bilheteria do teatro.

Visitas - Mas ninguém vai ficar de fora da estreia do novo Parque. A partir da próxima segunda-feira (14) até o final de dezembro, o Parque está de portas abertas para todos os recifenses, com expedientes de visitação de segunda a quarta, das 9h às 12h, para quem quiser entrar e conhecer as novas instalações da casa. Os grupos não poderão exceder 10 pessoas, com intervalo mínimo de 30 minutos entre um grupo e outro. O uso da máscara será obrigatório.

Programação de abertura do Teatro do Parque

Sexta-feira (11)

Horário: 18h

Falas oficiais, seguidas da apresentação do espetáculo Vozes do Recife, da Companhia Fiandeiros de Teatro

Público: 100 pessoas (convidados)

Sábado (12)

Horário: 16h

Exibição de cópia telecinada e digitalizada do filme O Canto do Mar, de 1952, do diretor Alberto Cavalcanti

Público: 100 pessoas, entre convidados (50) e público espontâneo (50)

A distribuição dos ingressos será a partir das 15h, na bilheteria do Parque

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook