Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Tempo e a temperatura nas 5 regiões do Brasil

Por: REDAÇÃO PORTAL
Apesar da previsão, os modelos climáticos podem apresentar divergências na intensidade do fenômeno

Foto: Intensidade do El Niño pode variar de moderada a forte nos próximos meses, prevê Inmet

12/09/2023
    Compartilhe:

Com informações do INMET  12-9-2023

Região Nordeste

Nesta terça-feira (12), o céu fica com muitas nuvens em Lençóis Maranhenses, Gurupi, Litoral Piauiense, Serrana do Sertão Alagoano, Cariri Ocidental, Sergipana do Sertão do São Francisco, Vale do Ipanema. Há possibilidade de chuva isolada em todas as capitais do Nordeste, com exceção de São Luís, Teresina, Natal e Fortaleza. Nas demais regiões o dia fica ensolarado.
 
A temperatura mínima na região fica em torno de 21ºC e a máxima pode chegar aos 38ºC. A umidade relativa do ar varia entre 25% e 100%.

 

Região Norte

Nesta terça-feira (12), a previsão é de pancadas e trovoadas isoladas em toda Rondônia e Acre, Madeira  e sudoeste  amazonense. Há possibilidade de chuva isolada em Roraima, Amapá, Baixo Amazonas e sudoeste paraense. Já Palmas fica com o dia ensolarado e sem previsão de chuva. Nas demais regiões o céu fica apenas com muitas nuvens. 

A temperatura mínima fica em torno de 23ºC e a máxima pode chegar aos 38ºC. A umidade relativa do ar varia entre 20% e 95%.

 

Região Centro Oeste

Nesta terça-feira (12) a previsão para a região Centro-Oeste é de céu com poucas nuvens e com baixa umidade em Brasília e Goiás. Em Campo Grande e Cuiabá o céu fica com muitas nuvens. 

Nas regiões há possibilidade de chuva isolada em Parecis e Alta Floresta  no Mato Grosso e em todo o Baixo Pantanal de Mato Grosso do Sul. No nordeste mato-grossense e leste de Mato Grosso do Sul o dia fica ensolarado e sem previsão de chuvas. 

A temperatura mínima fica em torno de 17°C e a máxima pode chegar aos 40°C. A umidade relativa do ar varia entre 15% e 65%.

 

Região Sudeste

A previsão do tempo para esta terça-feira (12) é de céu com poucas nuvens em todas as capitais da região Sudeste, com exceção de Vitória que fica com muitas nuvens no céu. Nas regiões a previsão também é de dia ensolarado e sem possibilidade de chuva.

A temperatura mínima fica em torno de 14ºC e a máxima prevista é de 32ºC. A umidade relativa do ar varia entre 20% e 100%.

 

Região Sul

A previsão do tempo para a região Sul nesta terça-feira (12) é de pancadas de chuva em Porto Alegre. Já em Florianópolis e Curitiba o céu fica com muitas nuvens. Dia ensolarado nas áreas do noroeste e centro-sul paranaense, Serrana, oeste e norte Catarinense.

Nas regiões de São Miguel do Oeste e Xanxerê em Santa Catarina, em Capanema no Paraná e Erechim no Rio Grande do Sul o céu fica com muitas nuvens e pancadas de chuva isolada. Há um alerta de tempestade para as áreas do sudoeste, centro ocidental, sudeste, noroeste, centro oriental Rio-grandense e Metropolitana de Porto Alegre.

A temperatura mínima fica em torno de 15ºC e a máxima prevista é de 29ºC. A umidade relativa do ar varia entre 30% e 100%.

 

Intensidade do El Niño pode variar de moderada a forte nos próximos meses, prevê Inmet

 

 

Nas próximas estações (primavera e verão), a intensidade do fenômeno El Niño deve variar de moderada a forte, conforme prevê a maioria dos modelos climáticos analisados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

No entanto, vale destacar os modelos também apresentam divergências. “A discordância está na intensidade do El Niño nos próximos meses. Diante disso, a incerteza nos modelos torna crucial o monitoramento contínuo do fenômeno e os possíveis impactos em diferentes regiões do Brasil”, afirma o agrometeorologista Cleverson Freitas.

Com impactos climáticos diferentes em cada região do País, o El Niño contribui para uma atmosfera mais aquecida, o que serve de combustível para chuvas de verão em forma de pancadas. Além disso, as correntes polares tendem a enfraquecer, reduzindo o risco de geadas durante o inverno.

Nas regiões Norte e Nordeste, a tendência é de seca mais severa e aumento dos focos de incêndio. Já nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, ocorre o aumento das temperaturas médias e irregularidade nas chuvas. Por fim, no Sul do Brasil, as chuvas ficam acima da média, especialmente durante a primavera e o verão, o que pode levar a enchentes e deslizamentos de terra.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook