Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Teresa Leitão homenageia Padre Henrique, morto pela ditadura militar há 52 anos

Por: REDAÇÃO PORTAL
Padre Henrique foi sequestrado no dia 26 de maio de 1969 e, na manhã do dia seguinte, 27 de maio, o seu corpo foi encontrado no bairro da Cidade Universitári

Foto: Reprodução Internet

28/05/2021
    Compartilhe:

Na reunião plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) dessa quinta-feira (27), a deputada Teresa Leitão (PT) fez uma homenagem ao Padre Henrique Pereira, assassinado há 52 anos, pela ditadura militar. Durante sua fala, Teresa leu um texto do professor José Soares, postado no perfil @historia_em_retalhos. A postagem relembra o contexto histórico e como se deu o sequestro, tortura e assassinato de Padre Henrique, com o intuito de intimidar Dom Hélder Câmara, já que o Padre Henrique era seu assessor direto.

Padre Henrique foi sequestrado no dia 26 de maio de 1969 e, na manhã do dia seguinte, 27 de maio, o seu corpo foi encontrado no bairro da Cidade Universitária, com marcas de espancamento, queimaduras, cortes profundos e com três ferimentos produzidos por arma de fogo.

"Lembremos desses anos para que eles não se repitam. A história não se repete ou se repete como farsa, é preciso, portanto, que estejamos sempre atentos para que medidas tomadas, atitudes feitas, discursos proferidos, não nos levem a um momento tão obscuro e cruel para o Brasil como foi a ditadura militar. Padre Henrique presente hoje e sempre!"                                                                                                                                                                                                        
Teresa também mencionou a criação do monumento em homenagem a Padre Henrique, feito pela Prefeitura do Recife por recomendação da Comissão de Memória e Verdade Dom Hélder Câmara, que comprovou o assassinato do padre na ditadura militar.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook