Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Educação

Teresa Leitão ressalta compra de notebooks para professores

Por: REDAÇÃO PORTAL
A iniciativa não se faz necessária apenas por causa da pandemia, os professores estão se desdobrando não apenas com esforço físico, pedagógico e emocional, mas também com gastos financeiros.

Foto: Reprodução Internet

07/05/2021
    Compartilhe:

O governo do Estado publicou, essa semana, no Diário Oficial, uma licitação para a compra de notebooks para professores e demais trabalhadores em educação. Durante a reunião plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) desta quinta-feira (6), a deputada Teresa Leitão (PT) parabenizou a Secretaria de Educação pela iniciativa e destacou que também é necessário debater a transição digital permanente para a educação em Pernambuco.

"Parabenizo o secretário de Educação, Marcelo Barros, acho que a gente precisa continuar o debate, ver de fato se é aquilo mesmo que está no processo licitatório e, se a gente pode avançar, sempre tem alguma reivindicação aqui e acolá para ser apresentada", disse Teresa.

Em 2020,  logo no início da pandemia, a deputada encaminhou um requerimento aprovado nesta mesma direção. "Acho que o governo avançou porque meu requerimento era para uma linha de crédito popular e subsídios e a secretaria vai oferecer os notebooks e também um bônus para pagamento de internet que possam melhorar a condição de acesso dos professores", acrescentou.

Frisando que a iniciativa não se faz necessária apenas por causa da pandemia, Teresa relembrou que os professores estão se desdobrando não apenas com esforço físico, pedagógico e emocional, mas também com gastos financeiros. "É importante que isso seja reconhecido, mas eu acho que a gente vai precisar debater a transição digital de uma forma permanente, envolvendo a secretaria de Ciência e Tecnologia", pontuou.

Teresa justificou que esse debate tornou-se ainda mais necessário porque o presidente Bolsonaro (sem partido) vetou o PL 3477, aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado. A lei destinava bilhões de reais para Estados e municípios investirem em tecnologia,  notebooks para professores e funcionários administrativos, dotar as escolas de internet, fornecer tablets aos alunos e outras medidas.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook