Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Economia

Uma fintech para a pequena indústria

Por: REDAÇÃO PORTAL
iCertus reposiciona marca e amplia portfólio de serviços financeiros para facilitar acesso ao crédito para MEI, micro e pequenas indústrias

Foto: Divulgação

15/06/2021
    Compartilhe:

A iCertus, nova marca da Certus Software, empresa de Curitiba (PR) que desenvolveu um sistema de gestão voltado para indústrias de pequeno porte, está promovendo um reposicionamento de sua marca por conta da ampliação do portfólio de serviços financeiros para facilitar o acesso ao crédito para MEI, micro e pequenas indústrias.

Fábio Ieger, CEO e fundador da iCertus, conta que a empresa iniciou suas operações com a oferta de um sistema para ajudar as pequenas indústrias a eliminarem um dos maiores causadores de mortalidade de empresas, segundo dados do Sebrae: problemas na gestão do negócio. O segundo fator causador é a falta de capital.

Diante desse quadro, o CEO da iCertus definiu como missão da empresa, reduzir a mortalidade das pequenas indústrias no Brasil. Inicialmente, o software é oferecido ao mercado com uma ferramenta integrada para oferta de crédito por meio de antecipação de recebíveis.

Com o reposicionamento de marca feito pela empresa, a iCertus agora vai funcionar como fintech, oferecendo todos os serviços que um banco digital oferece, como empréstimos, financiamento de capital de giro, meios de pagamento, sem a burocracia que os grandes bancos exigem. “Nosso objetivo é disponibilizar crédito a um clique de distância, sem a necessidade de montar toda aquela documentação que as instituições financeiras exigem, basicamente com o envio de cópias das notas fiscais dentro da própria plataforma em que o cliente emite a nota fiscal e o valor já estará disponível para ele fazer a antecipação em questão de minutos”, detalha.

Outra novidade revelada pelo empresário é a disponibilidade de uma versão gratuita da plataforma para todas as empresas que emitirem até 20 notas fiscais mensais e um valor diferenciando para as pequenas indústrias que emitirem acima de 21 notas.

Atualmente, a solução da iCertus atende cerca de mil empresas que faturaram juntas em 2020 R$ 2,2 bilhões e transacionaram mais de R$ 4 bilhões. “Já estamos com um volume de transações gigante em nossa plataforma. Nossa estimativa é chegarmos ao final de 2021 movimentando algo próximo a 10 bilhões de reais”, comemora.

Para alavancar a oferta de crédito para o mercado de micro e pequenas indústrias, Ieger informa que a iCertus está negociando com um grande banco para lastrear essas operações de financiamento para que a meta de R$ 10 bilhões seja atingida. “Hoje estamos em um mercado muito difícil, a pequena indústria do Brasil é a base da economia, ninguém dá crédito para ela, não tem volume para poder negociar com os grandes bancos e a iCertus vem realmente para ajudar esse pequeno empresário a prosperar”, finaliza.

Fábio Ieger é empreendedor e apaixonado por tecnologia. Administrador de empresas, sabe o quanto é desafiador o dia a dia para manter um negócio em atividade em um país com instituições financeiras que em nada ajudam o pequeno e médio empresário. Para levar soluções sustentáveis e realista a esse público, fundou a fintech, que utiliza dados do seu software de gestão para conceder empréstimo e capital de giro para os que mais necessitam de ajudam, e esbarram em análises injustas.                                            
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook