Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Saúde

Vacinação: para Tadeu Alencar o Recife dará uma resposta rápida

Por: REDAÇÃO PORTAL
O deputado federal disse que confia que o prefeito João Campos tomará providências ágeis, para compensar a irresponsabilidade do governo federal

Foto: Reprodução Internet

07/01/2021
    Compartilhe:

O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) tem tido uma postura firme em defesa das ações de combate ao covid-19. O parlamentar considera a postura do chefe do Poder Executivo brasileiro durante a pandemia totalmente inadequada. Na sua avaliação, Bolsonaro tem politizado a questão da saúde pública, o que torna seu comportamento nocivo e prejudicial. 

“É muito nocivo, é realmente algo muito preocupante a politização da pandemia. Isso deveria unir todos os dirigentes do país e o presidente da República, ao invés de se juntar aos governadores e aos prefeitos, que têm o dever legal e se conduziram segundo esse dever legal com muita responsabilidade, o presidente passa a encará-los como adversários e fica em uma disputa política onde o povo não tem absolutamente espaço. É um comportamento grave, é um comportamento que atenta contra a Saúde Pública e, portanto, é perfeitamente passível ao enquadramento pelo Crime de Responsabilidade”, ressaltou.

Aliado político do prefeito do Recife, João Campos (PSB), Tadeu Alencar defende que o gestor da capital pernambucana vá em busca do imunizante para a população, caso não haja uma resposta satisfatória por parte do Governo Federal em relação á aquisição de vacinas.

“Eu acho que faz o prefeito João Campos aquilo que a população espera de qualquer prefeito que tem noção da gravidade do momento que atravessamos. Ainda no período de transição, o prefeito João Campos constituiu uma comissão para tratar do assunto, e, portanto, tenho convicção, e ele deu declarações nesse sentido, de que se o Governo Federal não der respostas rápidas sobre a questão da imunização da população, a Prefeitura do Recife adotará medidas para aquisição direta, desde que se assegure que a população possa ter no prazo mais curto possível o processo de vacinação”, destacou, em entrevista à uma rádio local, nessa quarta-feira (06).

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook