Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Vereador do Recife pede ao Ministério Público de PE cancelamento dos camarotes particulares no Recife por conta do agravamento da Gripe e da Covid-19

Por: REDAÇÃO PORTAL
Segundo o vereador, a festa privada poderá ocasionar o agravamento dos casos de covid e piorar, ainda mais, o sistema de saúde

Foto: Divulgação Imprensa Ver Rinaldo Junior

06/01/2022
    Compartilhe:

O vereador Rinaldo Junior (PSB) protocolou agora pouco no Ministério Público de Pernambuco uma representação solicitando que o órgão se posicione com relação aos camarotes privados no carnaval do Recife e informou ainda que dará entrada numa Ação Civil Pública.

“Acabamos de fazer uma representação ao Ministério Público de Pernambuco, a fim que essa entidade se pronuncie a respeito dos carnavais privados, dos camarotes do carnaval do Recife. O prefeito João Campos anunciou acertadamente que não teremos carnaval nas ruas da cidade. É um momento muito delicado e que requer muito cuidado. As Síndromes respiratórias Aguda Grave (SRAGs), especialmente a H3N2, seguem avançando muito e superlotando as unidades de saúde da cidade e do Estado”, disse o vereador.

Segundo o vereador, a festa privada poderá ocasionar o agravamento dos casos de covid e piorar, ainda mais, o sistema de saúde. “As UPAs e toda a rede pública e até privada já estão sobrecarregadas. Essa epidemia da Gripe juntamente com a pandemia da Covid-19 (agora com a chegada da nova variante Ômicron), estão provocando a saturação do sistema de saúde do Recife e também de todo o estado. Como vereador do Recife não poderia ficar inerte numa situação dessas e resolvemos, após diálogo com setores da saúde e com a população recifense, dar entrada no Ministério Público para evitar nesse momento eventos que possam contribuir para a piora do quadro. Solicitamos a suspensão e não o cancelamento. Após a suspensão, vamos dialogar com o setor, junto com os vereadores da Câmara Municipal do Recife e os poderes constituídos para procurar a melhor solução para a realização segura dos eventos”, disse.

“Até segunda-feira passada, a Secretaria de Saúde do Estado registrou mais de cinco mil casos de Influenza, com 30 mortes, sendo a maioria aqui no Recife (17). Vidas já estão sendo ceifadas em nossa cidade e amanhã poderá ser um dos nossos familiares. Peço apoio da população e sensibilidade do setor de eventos”, finalizou.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook