Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Vila vende casas por cerca de R$ 6,30 na Itália

Por: REDAÇÃO PORTAL
Os compradores devem reformar a propriedade no prazo de três anos a partir do momento da compra e pagar uma caução de entrada no valor de dois mil euros
04/12/2020
    Compartilhe:

Você espera um pouco por uma casa que é praticamente doada para você e aparecem três de uma vez. Sim, os imóveis italianos a um euro (aproximadamente R$ 6,30) estão de volta e, desta vez, trata-se de um conjunto de casas na região sul de Molise.

A vila de Castropignano,localizada a 225 quilômetros a sudeste de Roma, é a mais recente comunidade a oferecer suas casas abandonadas aos recém-chegados.

No entanto, Castropignano está promovendo essa ação de maneira diferente da maioria dos casos parecidos, que leiloam imóveis por um euro.

Existem cerca de cem imóveis abandonados lá, mas, no lugar de vendê-los pelo lance mais alto, o prefeito Nicola Scapillati quer encontrar as pessoas certas para cada casa.

"O esquema aqui é um pouco diferente", afirma. "Estou seguindo dois caminhos paralelos, entrando em contato com possíveis compradores e antigos proprietários ao mesmo tempo, passo a passo, para fazer a demanda atender à oferta. Não quero que minha cidade seja invadida por gente que está só atrás de casa ou se transforme no mais novo centro de especulação imobiliária."

"Peço a todos os que queiram comprar uma nova casa aqui enviem um email diretamente para mim com um plano detalhado de reforma e o que gostariam de fazer com a propriedade, ou seja, torná-la uma casa, uma pousada, um negócio ou uma loja de artesanato”, detalhou.

"Os candidatos também devem listar quaisquer necessidades que possam ter, como acesso para cadeirantes. A vila é bem pequena e os carros não conseguem passar pelas ruelas estreitas e pelos degraus."

Quanto mais específico for o pedido, mais fácil será encontrar a habitação adequada e estabelecer contato com o atual proprietário.

"É uma operação direcionada e sob medida", acrescenta. "As pessoas precisam saber exatamente o que estão comprando."

Os compradores devem reformar a propriedade no prazo de três anos a partir do momento da compra e pagar uma caução de entrada no valor de dois mil euros (aproximadamente R$ 12,5 mil), que será devolvida assim que as obras forem concluídas.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook