Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Política

“Vira” em Sairé traz antigos aliados de Everaldo em apoio a Gildo

Por: REDAÇÃO PORTAL
A eleição para prefeito terá tempero de disputa estadual com os candidatos dos dois deputados estaduais mais influentes do Estado  se enfrentando em novembro

Foto: Reprodução/rede social

25/08/2020
    Compartilhe:

Desde o anúncio da pré-candidatura do vereador Gildo Dias (PL) para a disputa pela prefeitura de Sairé este ano, a entrada do sobrinho e liderado do ex-prefeito Everaldo Arruda vem atraindo o apoio de vários aliados que estavam afastados e agora retornam ao grupo de Arruda. 

Cada “vira”, que consiste na conquista de uma pessoa ou família importante, que estava do “outro lado” e “virou”, é sempre importante por conta de somar novas perspectivas de votos para o candidato que recebe o apoio.

Nas cidades do interior, a cada “virada”, seja antes ou durante a campanha, uma festa toma conta da cidade. É um dos fenômenos eleitorais mais festejados e a “resenha política” invade as conversas entre a população.

Este ano, por conta da pandemia, a comemoração tem se dado mais no campo das redes sociais, mas com a mesma euforia de sempre. 

A primeira grande liderança a aderir a Gildo, foi o médico Dr. Flávio Marcílio.

Muito querido pela população de Sairé, Dr. Marcílio chegou a ser cogitado para disputar a prefeitura com o apoio do atual prefeito. Decepcionado com os rumos que tomou a gestão, da qual colaborou com muito afinco, Dr. Marcílio não só “virou”, como se tornou o pré-candidato a vice-prefeito na chapa apoiada por Everaldo.

Depois disso, várias outras adesões são comemoradas pelo pré-candidato do PL. Elas vão de famílias simples dos muitos sítios da área rural e da cidade, a lideranças que estavam ao lado do atual prefeito e resolveram “pular” para a oposição. 

Recentemente o empresário José Antônio, reconhecido como importante conselheiro do governo, declarou sua volta ao grupo. 

Esta semana foi a vez do assessor e ex-secretário de governo da gestão atual, Severino Ferreira anunciar a sua volta ao grupo dos Arruda. Ferreira é professor de história concursado e profundo conhecedor da engenharia política de Sairé. Faz oito anos que Sairé é governada pelo grupo do prefeito Fernando Pergentino (PSB). 

Os Pergentino que até o ano de 2008 ocupavam a vice prefeitura, partiram para “carreira solo”, perdendo a eleição naquele ano para o próprio Everaldo, que ganhou a reeleição para o seu segundo mandato consecutivo, de um total de quatro exercidos na cidade.

Em 2012, sem poder disputar mais um mandato, Everaldo apoiou a candidatura da vereadora Elza Pedrosa, que perdeu a eleição para o atual prefeito, que foi reeleito em 2016, derrotando a mesma Elza. 

Em 2020, o ex-prefeito Everaldo resolveu entrar novamente com força na eleição municipal e escolheu para a disputa o seu sobrinho Gildo, jovem vereador em segundo mandato.

O cenário político da eleição 2020 em Sairé, cidade do agreste pernambucano com 10.683 eleitores (dados do TSE), terá um viés de disputa estadual. 

Em 2018, o candidato a deputado estadual do atual prefeito obteve 2.267 votos. Já o ex-prefeito, mesmo sem mandato, conseguiu transferir ao seu candidato 1.727 votos, já desenhando uma disputa acirrada pela retomada da supremacia do poder político na cidade.

Clodoaldo Magalhães e Eriberto Medeiros, atualmente primeiro-secretário e presidente da Alepe, foram os personagens de 2018. Este ano medirão forças novamente na cidade repetindo as alianças de dois anos atrás. A presença dos deputados no apoio à campanha dos Pergentino, com Josivan Xavier (PSB), e a de Gildo Dias, candidato dos Arruda, respectivamente, influenciará diretamente no resultado eleitoral e vai referendar o peso político de ambos na região.

A eleição de Sairé promete muitas emoções e vai mobilizar não só a terra da laranja, como também a capital pernambucana.  
 
 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook