Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Vitória de Santo Antão extingue 310 cargos comissionados

Por: REDAÇÃO PORTAL
O prefeito Paulo Roberto (MDB), encaminhou para a Câmara Municipal um Projeto de Lei, que foi aprovado na sessão desta semana, com uma ampla reforma administrativa.

Foto: Reprodução Internet

03/06/2021
    Compartilhe:

O prefeito Paulo Roberto (MDB), encaminhou para a Câmara Municipal um Projeto de Lei, que foi aprovado na sessão desta semana, com uma ampla reforma administrativa. Com esse ajuste na administração pública foi possível extinguir 310 cargos comissionados que estavam sem lotação, gerando menos gastos com a folha de pagamentos e gerando mais recursos para investimentos e execução de projetos na cidade.

Além disso, foi feita uma readequação na estrutura administrativa, entre órgãos de assessoria direta, de gestão indireta e agências municipais que vão dinamizar a gestão. A Secretaria de Saúde por exemplo adicionou o “bem estar” na sua nomenclatura. Isso significa que além de promover a saúde, a pasta trabalhará na busca real do bem estar para os vitorienses. Outro ponto é a Secretaria de Planejamento, que agora também atuará para a captação de recursos para a cidade.

As subprefeituras distritais vão descentralizar a gestão, podendo atuar mais próximo da população, intermediando os processos e trazendo mais soluções para as regiões mais afastadas do centro. A atual Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte será desmembrada e passará a existir a Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa e a Secretaria de Esporte e Lazer. “Esta cisão busca adequar o Município às exigências da atualidade, notadamente com a transformação social promovida pela prática esportiva. A secretaria de Esportes, agora independente, constituirá um grande aliado na transformação de vidas”, explicou o prefeito.

Todas as mudanças foram pensadas de modo a conferir maior celeridade e efetividade às ações pela diversas áreas na cidade, entregando aos munícipes um serviço público essencial de melhor qualidade. Isso se reflete na separação nitidamente na Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, por exemplo, melhorando ainda mais a manutenção e obras por toda Vitória de Santo Antão, município que tem 335,942 km quadrados de área total e uma população estimada pelo IBGE em mais de 139 mil e 500 habitantes.

O projeto de Lei foi aprovado com ampla maioria na Câmara, com 14 votos. Dos presentes à sessão, apenas dois foram contra e um se absteve de votar. Aguarda-se os trâmites legais para que chegue ao Palácio José Joaquim da Silva para assinatura do Prefeito. “As alterações se justificam pelas novas demandas de políticas públicas no Município, a exemplo do Empreendedorismo, da regulamentação do Transporte Coletivo e o problema mais crítico da Cidade da Vitória de Santo Antão: a Regularização Fundiária”, concluiu Paulo Roberto.

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook